Fiscalização da aplicação do dinheiro público: Presidente do TRE-AP inspeciona obra da 10ª Zona Eleitoral de Macapá

DSC_0084

O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP), Desembargador Carlos Tork, acompanhado do Diretor-Geral do órgão, Dr. Veridiano Colares, inspecionou nesta quinta-feira (17) a construção do Cartório da 10ª Zona Eleitoral de Macapá, na Zona Norte da capital amapaense. Este ano foi a terceira vistoria do magistrado à obra, cuja conclusão está prevista para janeiro de 2016.

As visitas visam acoDSC_0111mpanhar o andamento dos serviços e fiscalizar a aplicação da verba pública, num investimento total de R$ 9.376.668,63. O edifício oferecerá espaço físico adequado aos servidores da Justiça Eleitoral e melhoria do atendimento aos eleitores de Macapá que residem no entorno.

Além de checar o andamento da obra – com 60% construída -, o Presidente constatou que os operários estão com seus vencimentos em dia e as condições de trabalho devidamente adequadas. De acordo com os trabalhadores, equipamentos para a execução de suas atividades estão dentro do acordado. Ao todo, 80 pessoas trabalham no local.

Energia solar e compartilhamento de espaços entre órgãos federais

Durante conversa com o dono da empresa responsável pela obra e engenheiros que trabalham na construção do prédio, o Presidente indagou sobre a possibilidade de instalação do sistema de energia solar. A sugestão será analisada pelos técnicos.

DSC_0104O Desembargador Carlos Tork também comentou que discutirá com gestores dos órgãos vizinhos ao empreendimento da Justiça Eleitoral na Zona Norte. Ele pretende compartilhar espaços com o Tribunal de Justiça Federal do Amapá (já pronto e em atividade), Tribunal da Justiça Federal do Trabalho (em construção) e Polícia Federal (também em processo de edificação). Conforme o magistrado, se todas as obras são executadas com verbas federais, a parceria pode ser possível.

inspeçãoTREobraO projeto

O projeto básico elaborado prevê a construção de um edifício com dois andares, preparado para futura ampliação de pavimentos superiores, com estacionamento no subsolo, auditório para uso público, salas destinadas ao funcionamento da Justiça Estadual na região, depósito de urnas, estacionamento interno e paisagismo de entorno.

A área

Com aproximadamente 1 hectare, o terreno está situado em local privilegiado, ao lado dos prédios da Justiça Federal e do futuro Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Amapá. A área foi loteada para órgãos públicos interessados em construir prédios, seja da administração do Executivo, do Legislativo ou do Judiciário. O espaço foi doado à Justiça Eleitoral pDSC_0127ela Superintendência do Patrimônio da União (SPU).

Serviço:

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing’
Elton Tavares
Fones: 2101-1504/84059044/91474038

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *