Flamengo: Vencer, vencer, vencer


Quem ligou o secador desperdiçou tempo e energia. Mesmo com o gol sofrido logo aos cinco minutos (gol que nasceu de uma falta inexistente), o Flamengo mostrou maturidade e organização para buscar a virada ainda no primeiro tempo e conquistar com todos os méritos a classificação para a final da Copa do Brasil. Vai decidir o título justamente contra o Atlético Paranaense, que, involuntariamente, acabou sendo o responsável pela troca de Mano Menezes por Jayme de Almeida.

A vantagem conquistada no Serra Dourada já era grande e ficou ainda maior com a confirmação do desfalque de Walter. Ainda assim, foi o Goiás quem saiu na frente. Leandro Pedro Vuaden marcou falta inexistente de Elias em Vítor e David cobrou na medida para a bela cabeçada de Eduardo Sasha, no ângulo de Paulo Victor.

O Maracanã ficou em silêncio, mas apenas por alguns segundos. Foi o tempo necessário para o torcedor assimilar o golpe, respirar fundo e voltar a jogar com o time. Deu certo. Oito minutos depois Elias tabelou com Hernane, tentou o chute de fora da área e a bola amorteceu num adversário. Na segunda tentativa, ele deixou Hernane frente e frente com o goleiro Renan e o toque por cobertura incendiou novamente o estádio.

Elias já começava a se destacar no jogo e tornou-se definitivamente um personagem quando recebeu de costas para o gol, girou o corpo e acertou um chute preciso no canto esquerdo de Renan. Aos 24 minutos, o Flamengo já tinha a partida sob controle novamente.

No segundo tempo, Hernane teve um gol mal anulado pelo assistente Carlos Augusto Nogueira Júnior e Paulinho perdeu uma chance incrível diante de Renan. Mas o resultado já era mais do que suficiente. O time de Jaime de Almeida, desacreditado sob o comando de Mano Menezes, é finalista da Copa do Brasil e está muito próximo de conquistar um vaga na Libertadores do ano que vem, salvando uma temporada que parecia irremediavelmente condenada ao fracasso.

Fonte: Blog do Torcedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *