Forrock paidégua!!

                                                                                                Por Elton Tavares
                                                    Biroska lotado. Festa perfeita – Foto: Camila Karina
Eu costumo ser nostálgico. Parece que as coisas mais bacanas já rolaram e tals. Mas quanto o assunto é Rock no Amapá, as coisas parecem mesmo estar mudando para melhor. Além de vários festivais na agenda anual, vira e mexe, alguém promove uma festa bacana.

Foi o caso de ontem (24), rolou o “Forrock na Vila”, na casa de shows Biroska, que diga-se de passagem é um espaço muito legal. Quando cheguei, lá pelas 23:30h, peguei o finalzinho da apresentação da banda Degrau Norte. Também assisti a boa performance da Beatle George, apesar de eu não gostar do vocalista (pois o moleque é metido a rockstar pra cassete), eles mandaram muito bem, principalmente quando tocaram The Doors.

Ainda falando da apresentação da Beatle George, eles simplesmente atrapalharam a apresentação das outras bandas, como a stereovitrola, pois estouraram o tempo estabelecido para o show. Tudo bem que rock não segue regras, mas eles cagaram na pia. A organização do evento teve que desligar os instrumentos para frear a molecada non sense.

Os shows da Radiofone e Oh My Dog foram perfeitos, cheios de energia, público pulando e cantando junto. Principalmente quando a Radiofone tocou clássicos dos Smiths e a Oh My Dog mandou Nirvana. Foi doido demais.
                                                                                          Banda Radiofone – Foto: Camila Karina
Ah, vale ressaltar, eu nunca tinha visto uma festa de rock em Macapá com tanta mulher bonita. É, parece que os tempos em que o público era 90% macharada de camisa preta ficaram pra trás. Que bom.

O mais legal foi ver a casa cheia de público “pagante”. Sim, gente que se propõe a meter a mão no bolso. O pessoal que curte rock aqui estava acostumado com  ingressos de R$ 5 e cachaça na mochila. Sofri isso na pele quando promovi festas no antigo Mosaico, nos anos 90, era só prejú.

Ainda bem que as coisas estão mudando pra melhor, reconhecimento e valorização do rock. Fiquei feliz por isso. Enfim, a festa foi perfeita, não faltou bebida, não teve briga lá dentro, não tava quente, todos de divertindo, muitos amigos e som de qualidade. Parabéns aos organizadores.
  • Fico feliz por todos terem gostado do evento,queremos proporcionar isso que os senhores presenciaram,qualidade, diversao, seguranca.Qualquer falha cometida pelo caminho ja teremos maiores atencao no proximo evento..Vila do Rock(eu) Forrock(Beliza e Orielsom).Tendo em vista que o vila já ficou marcado no calendario devido acontecer o mes de festa junina (Forrock na Vila).Agradeco pelo apoio e reconhecimento de todos. Os proximos..Serao Vila do Rock

  • Muito bom o blog eu nao conhecia tambem gostei do post sobre o Forrock Na Vila Voce fez um comentario bem correto sobre a Beatle George “Non Sense”, eu tive que “desligar” os caras hehe! pou atitude de rockeiro sem regras e fora da lei só cola pra bandas famosas, e artistas consagrados até parece “bacana” é uma forma de marketing, mas por aqui soa NON SENSE geral!!! e eu aranjei cervas pros caras, fui bacana e eles cagaram pra mim pedindo pra eles pararem, mas é assim que bandas perdem espaço no cenario, dao um tiro no proprio pé, só fica feio pra eles mesmos que não fizeram isso pela primeira vez..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *