Freddie Mercury faria 70 anos hoje. Em homenagem, cantor vira nome de asteroide

14256353_1300285886691106_1079409514_n
Se vivo, Farrokh Bulsara, o Freddie Mercury (nome artístico do cantor) faria 70 anos hoje. O inglês foi vocalista e líder da banda britânica Queen. Também lançou dois discos-solo, aclamados pela crítica e pelo público. Ele foi um dos maiores cantores do Rock and Roll. Por muitos, como eu, é tido como o melhor frontman de todos os tempos, pois o cara dominava a plateia com sua performance e vozeirão.

Em comemoração a essa data tão importante da música pop, Mercury agora nomeia um asteroide. A iniciativa foi da União Astronômica Internacional, que escolheu o asteroide 17473 para homenagear o astro, que agora vai se chamar 17473 Freddie Mercury.

O corpo celeste foi descoberto em 1991, exatamente o ano da morte do cantor, e faz parte de um cinturão entre Marte e Júpiter que só pode ser visto com telescópios poderosos por refletir apenas cerca de 30% da luz.

O cara era foda cantando Rock, Pop, Ópera ou o que se propusesse. Não à toa, é um ícone do Rock and Roll e virou um mito na história da música mundial.

Freddie-Mercury-of-Queen-1982-Tour-2_142557

Em 1991, após ficar muito doente, surgiam rumores de que estaria com AIDS, o que se confirmou afinal, através de uma declaração feita por ele mesmo em 23 de novembro, um dia antes de morrer.

Ele morreu na noite de 24 de novembro de 1991, em sua casa, chamada Garden Lodge, em Londres (ENG). Na época, sua morte causou repercussão e tristeza em todo o mundo.

Freddie, como muitos outros seres incríveis que passaram por aqui nesta existência, foi um cara com um talento espantoso. Pessoas assim se eternizam na memória e no coração dos fãs, como eu e outros milhões de apreciadores do Rock and Roll.

Valeu, Fred!

“Não quero mudar o mundo. O que mais me importa é a felicidade. Quando estou feliz, meu trabalho reflete. No final, os erros e as desculpas são minhas. Gosto de sentir que estou sendo honesto. No que me compete, quero aproveitar a vida, a alegria, a diversão, o máximo que puder nos anos que ainda me restam” – Freddie Mercury.

Elton Tavares

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*