GEA abre edital que vai selecionar peças teatrais para a Semana Santa

cultura111

Por Anne Santos, da Agência Amapá

O Edital de Chamada Pública para a seleção de apresentações teatrais na Semana Santa foi lançado na segunda-feira, 16. A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) vai selecionar os projetos que serão beneficiados com recursos financeiros do Estado.

Essa é a primeira vez que a Secult lança um edital para escolha dos grupos. Diferente do que foi divulgado em um portal de notícias local, o Governo do Estado está disponibilizando R$ 160 mil. Desse valor, R$ 10 mil são para a chamada pública. O restante vai ser dividido entre 30 grupos que serão selecionados. Os projetos podem ser inscritos como pessoa física e jurídica, em duas categorias, até o dia 25 de março, no Teatro das Bacabeiras,

Na categoria A, serão contempladas 15 peças teatrais com o valor de R$ 4 mil, cada uma. Na categoria B, serão destinados R$ 6 mil aos outros 15 grupos selecionados. A verba é utilizada para gastos com figurino, cachê de atores e infraestrutura. “Estamos ofertando o valor dentro do nosso orçamento, a cultura vai ser valorizada, esses espetáculos são tradição no Estado e queremos profissionalizar esse mercado”, disse o secretário de Estado da Cultura, Disney Furtado.

Para fazer a inscrição, é necessário que o projeto do espetáculo apresente os documentos descritos no edital e a ficha de inscrição, que está disponível na Secult, no Teatro das Bacabeiras, no Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço e na Biblioteca Pública Elcy Lacerda.

Os projetos serão julgados por uma comissão de seleção composta por oito pessoas, quatro indicadas pela Secult e quatro escolhidas pelo movimento cultural do Estado. “Montamos a comissão com representantes da Cultura para mostrar a transparência da seleção. O edital foi a forma mais democrática que encontramos para escolher os projetos que serão beneficiados“, explicou o secretário.

Cinco quesitos serão avaliados: excelência artística do projeto, qualificação dos profissionais envolvidos, coerência do cronograma e orçamento proposto, criatividade e inovação do projeto e estratégia de acesso e democratização do processo.

A Secult vai acompanhar a execução das encenações. Ao término das apresentações, os grupos devem fazer um relatório sobre a execução do projeto. Caso o relatório não seja apresentado, o grupo estará automaticamente eliminado do processo seletivo de 2016.

O edital pode ser baixado aqui e o resultado da seleção deve sair até o dia 30 deste mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *