GEA alinha medidas para execução do Programa Costura Amapá

Foto: Antônio Sena.
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, reuniu-se, nesta sexta-feira, 9, no Palácio do Setentrião, com gestores e técnicos de órgãos estaduais. No encontro, foram alinhadas ações para a execução do Programa Costura Amapá, que consiste em um incentivo do governo para a industrialização dos uniformes escolares pela mão-de-obra local. A confecção das vestimentas será efetuada por costureiras de todo o Estado e beneficiará 160 mil estudantes da Rede Pública Estadual, em 2012.
O programa, que receberá um investimento de R$ 9 milhões, tem o objetivo de distribuir a renda e aquecer a economia no Amapá. Além dos uniformes, também serão distribuídos aos alunos das escolas estaduais o “Kit Escolar”, composto por mochila, lápis e caderno, totalmente custeado pelo Poder Executivo.
Conforme o titular da Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), Reinaldo Picanço, para executar o Costura Amapá, o governo do Estado firmará uma parceria com a Associação da Indústria de Confecção do Amapá (Aica), que congrega 25 empresas. De acordo com o secretário, as firmas que compõem a Aica contratarão as costureiras nos 16 municípios do Estado.
Também participaram da reunião os gestores de órgãos que trabalharão em conjunto com a Seicom, para a implantação do programa socioeconômico no Estado. São eles: O procurador geral do Estado, Márcio Figueira, o secretário de Estado da Educação (Seed), José Maria Lobato, o gestor da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete), Sivaldo da Silva e o diretor presidente da Agência de Fomento do Amapá (Afap), Sávio Fernandes, além de técnicos da Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (SIMS).
Segundo o governador, o programa socioeconômico favorecerá os estudantes, incentivará a industrialização e valorizará a mão-de-obra local. Camilo Capiberibe disse ainda que repassará R$ 1,5 milhão para a Afap, para que a Agência possa emprestar às empresas que formam a Aica, para a compra de material e capacitação da mão-de-obra.
“Além de beneficiar o estudante da Rede Pública, o programa será muito importante para nossa economia, pois o dinheiro ficará no Amapá. A confecção de uniformes pelas costureiras do Estado gerará renda para a população. O dinheiro é do povo e por isso tem que voltar para o povo”, afirmou o governador.
Elton Tavares
Assessor de comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*