GEA apoia 12ª edição do Campeonato Brasileiro de Surf na Pororoca



O chefe do Gabinete Civil do Governo do Amapá, Kelson Vaz, representando o governador Camilo Capiberibe, recebeu nesta sexta-feira, 20, no Palácio do Setentrião, os membros da Associação Brasileira de Surf na Pororoca (Abraspo). Durante o encontro, foi concedida uma coletiva à imprensa sobre a 12ª edição do Campeonato Brasileiro de Surf na Pororoca, que contará com o apoio do governo estadual, por meio da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel).


A competição será realizada no período de 21 a 24 de abril deste ano, no rio Araguari, município de Cutias do Araguari. Kelson Vaz afirmou que o apoio ao Surf na Pororoca visa promover a prática do esporte e fortalecer o turismo no Estado. O chefe do Gabinete Civil também pontuou que o evento gera emprego e renda no município de Cutias do Araguari.

Segundo o secretário de Estado do Esporte e Lazer, Luiz Pingarilho, o investimento do governo na competição é de R$ 110 mil. O titular da Sedel disse ainda que a disputa entrará em definitivo para o calendário anual dos eventos do Estado e que em 2013 este aporte financeiro será maior.

De acordo com o presidente da Abraspo, Noélio Sobrinho, a primeira experiência do Surf na Pororoca ocorreu em 1997, mas que o Amapá estava há seis anos fora do calendário oficial do esporte por conta da falta de apoio da gestão passada. Ele aproveitou para agradecer o investimento do governo do Estado na realização da competição que marca a volta do Amapá ao mapa do Surf Mundial.

Noélio Sobrinho enfatizou que o evento é considerado o mais radical da Amazônia, pois ondas na região alcançam a marca de 4 metros de altura e duram em média uma hora e meia. O presidente da Abraspo relatou que é no rio Araguari as maiores ondas do fenômeno natural são encontradas no Brasil.


Atletas renomados

Estiveram presentes no encontro surfistas renomados, dentro e fora do Brasil, que participarão da competição. Dentre os atletas estão o atual campeão brasileiro da modalidade, o maranhense Álvaro Leite; Adilton Mariano, pentacampeão brasileiro de Surf na Pororoca; o gaúcho Rodrigo Dornelles; Ícaro Lopes; Marcelo Bibita; os baianos Denis Tihara e Bino Lopes; o paraense Rogério Barros e o amapaense Stanley Gomes.

Visibilidade para o Amapá

Segundo o presidente da Abraspo, vários veículos de comunicação do país e do exterior estarão divulgando a 12ª edição do Campeonato Brasileiro de Surf na Pororoca. Entre eles estão o Zona de Impacto do canal Sportv; Canal Woohoo; Revista SURFAR; Agência Internacional EFE; jornal Folha de São Paulo; jornal Diário do Nordeste, Agência Internacional Reuters; Portal Terra; Globo.com; Portal UOL e imprensa local.

A secretária de Estado do Turismo, Helena Colares, disse que a visibilidade que a competição dará ao Amapá é positiva para o desenvolvimento do turismo local.

Elton Tavares, assessor de comunicação, com informações da Sedel
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*