GEA debate ações para implementar reforma administrativa

                                                                       Foto: Antônio Sena

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, reuniu-se, nesta segunda-feira, 15, no Palácio do Setentrião, com técnicos da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e parte de sua equipe de Governo. O encontro debateu diretrizes para a execução da Reforma Administrativa do Poder Executivo. O objetivo da ação é promover o desenvolvimento, melhorar a economia no Estado e aperfeiçoar a gestão dos órgãos governamentais.
  
Participaram da reunião com o governador o coordenador de projetos da FGV, Marcus Vinícius Rodrigues, o consultor da instituição, Frederico Lustosa e o técnico da Fundação, Renato Brau.
  
Também estavam presentes o titular da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Tesouro (Seplan), Juliano Del Castilo Silva, o diretor presidente da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), José Ramalho e o secretário de Estado da Administração, Antônio Kleber dos Santos.
  
Conforme o coordenador de projetos da Fundação Getúlio Vargas, a FGV já obteve sucesso em ações como esta Brasil a fora, com trabalhos similares em governos do Rio de Janeiro, Pernambuco, Maranhão e Rio Grande do Sul.   

De acordo com o governador, o Planejamento Estratégico do Governo já foi realizado. A ação levantou dados que serão entregues a equipe da FGV, especialista em reformas administrativas, que formulará mecanismos para dar suporte aos órgãos estaduais em ações como  corte de gastos, investimentos e melhoria da gestão pública.
 
Camilo Capiberibe explicou que as reforma administrativa será fundamental para a reestruturação das secretarias de Estado e autarquias do Governo.
  
“Queremos implantar um novo modelo de gestão no Amapá. A equipe de Governo já trabalha internamente para isso e teremos o apoio da FGV para nos auxiliar neste processo”, explico Camilo Capiberibe.
Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *