Governador abre a Semana da Anistia em Macapá

Foto: Márcia do Carmo. 
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, abriu nesta segunda-feira, 22, no Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço, em Macapá, a Semana da Anistia. O evento, realizado pelo Ministério da Justiça (MJ), em parceria com o governo do Estado, por meio da Escola de Administração Pública do Amapá (EAP), consiste em um seminário que comemora os 10 anos de criação da Comissão da Anistia, além de homenagear os presos e exilados políticos do período da Ditadura Militar no país.

De acordo com a Suely Bellato, a Comissão de Anistia exerce uma política de reparação aos ex-perseguidos políticos. O grupo do MJ também trabalha a integração de escolas públicas em projetos de instituições comprometidas com o resgate da memória brasileira, o debate público sobre temas ligados ao assunto e garantir a dignidade a ações instituídas pela sociedade civil organizada, além de promover a reflexão sobre o processo da redemocratização do Brasil.

Durante o evento, o senador João Alberto Capiberibe e a deputada Federal Janete Capiberibe foram homenageados pela luta política de ambos durante o regime militar. Os dois parlamentares do Amapá, que foram anistiados há 30 anos, receberam das mãos da vice-presidente da Comissão da Anistia do MJ, Suely Bellato, o “Certificado de Homenagem Simbólica aos Anistiados Políticos Brasileiros”.

“Agradeço essa parceria do Governo do Amapá com o MJ para a realização da Semana da Anistia. Nunca repararemos as injustiças do regime ditatorial. Só podemos pedir perdão em nome do Estado Brasileiro, mas perdoar não é esquecer. Precisamos lembrar-nos do que aconteceu na ditadura para não repetirmos tais erros. Cumprimento o senador Capiberibe e a deputada Janete, que lutaram pela redemocratização do Brasil”, afirmou Suely Bellato.

Para o governador, que é filho dos parlamentares homenageados na solenidade e por conta do exílio dos mesmos nasceu no Chile (CHI), o reconhecimento e o debate público sobre o tema é relevante para que coisas assim nunca mais ocorram no Brasil.

“A anistia foi o momento que permitiu que nós pudéssemos voltar ao Brasil. Tenho muito orgulho do senador Capiberibe e da deputada Janete pelo que eles fizeram pelo nosso Brasil”, disse o governador.

A Semana da Anistia é realizada simultaneamente em 24 estados do Brasil, em parcerias com governos estaduais, com exceção do Rio Grande do Sul e Alagoas, que realizarão o seminário em outra data. O evento continua ao longo da semana e encerrará nacionalmente no dia 26 de agosto de 2011.

  Senador Capiberibe, deputada Janete, governador Camilo e a vice presidente da Comissão de Anistia, Suely Bellato – Foto: Márcia do Carmo. 

Comissão da Verdade

Na ocasião, o governador afirmou que é favorável a implantação da Comissão da Verdade, para que tudo que ocorreu no Amapá na época da ditadura seja apurado. Segundo Camilo Capiberibe, uma investigação similar foi realizada na África do Sul, após a abertura política daquele país. A ação descobriu culpados, encontrou corpos e elucidou desaparecimentos.

“A Comissão da Verdade não é para punir ninguém, mas todos têm o direito de saber o que aconteceu durante os duros anos do Regime Militar no Amapá e Brasil como um todo”, pontuou o governador.

Coordenação Estadual de Combate à Tortura

Preocupado com a tortura, institucionalizada na época da ditadura, o governador afirmou que criará a Coordenação de Combate à Tortura. Que terá a missão de investigar policiais que ainda utilizam a prática ilegal, puni-los e extinguir tal comportamento.

“Essa coordenação de combate à tortura terá o objetivo de extirpar este mal de dentro de nossa força policial ou em qualquer órgão do Estado, em homenagem aqueles que sofreram e que morreram durante a repressão”, ressaltou Camilo Capiberibe.

Também participaram do evento a titular do Ministério Público Estadual do Amapá (MPE/AP), Ivana Cei, o representante do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá (Tjap), desembargador Luiz Carlos, a deputada estadual Telma Gurgel, representante da Assembleia Legislativa do Amapá (AL/AP), secretários de Estado, o vereador Washington Picanço, cidadãos anistiados, imprensa e sociedade civil.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*