Governador abre Assembleia Estadual do Plano Plurianual Participativo

 
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, abriu, nesta quarta-feira, 24, no Teatro das Bacabeiras, a Assembleia Estadual de Referendo, que consolida o processo do Plano Plurianual Participativo (PPA) para o exercício 2012 a 2015. O evento consiste na finalização do plano estratégico, que listou reivindicações dos moradores dos 16 municípios do Estado, eleitas de maio a julho de 2011, por meio de plenárias.

As escutas populares que elencaram as reivindicações do povo do Amapá contaram com a presença do governador e todo o seu secretariado, como forma de aproximar o cidadão do gestor, para que a demanda seja solucionada com mais eficácia e celeridade.

Também compareceram às planárias 15 prefeitos, dos 16 municípios do Amapá, mais de 100 vereadores das cidades por onde a caravana da participação passou e milhares de cidadãos de todas as regiões o Estado.

O Plano Plurianual Participativo é uma exigência legal que definirá como o Poder Executivo trabalhará em benefício da população e para o desenvolvimento socioeconômico do Estado nos quatro anos da gestão de Camilo Capiberibe.

A Assembleia contou com a presença de 200 delegados, das cinco regiões do Estado em que o Amapá foi dividido pelo PPA, eleitos durante as Escutas Populares nos municípios. Eles terão a missão de fiscalizar a execução das ações em benefícios de suas respectivas comunidades e cobrar, no caso das ações não forem efetuadas.

De acordo com o titular da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Tesouro (Seplan) e coordenador geral do PPA, Juliano Del Castilo Silva, as principais reivindicações feitas nos 16 municípios do Amapá foram nos setores da educação, transporte, saúde e manutenção de estradas de acesso às comunidades.

“A atitude do governador Camilo Capiberibe em ir aos 16 municípios, junto com toda a sua equipe de governo, oportunizou o contato do povo com os gestores, formando uma grande caravana da participação. O PPA norteará as ações do governo no controle social e na execução de ações para melhoria da vida do cidadão”, disse o secretário.

Segundo o governador, o PPA foi a junção de três etapas, a eleição do programa de governo escolhido pela população, o planejamento estratégico que a equipe técnica do governo formulou para que o povo tenha um serviço público de qualidade e a audição da população, fundamental para a implementação do modelo de gestão participativa e democrática atual.

“Percorremos todo o Amapá. Ouvimos e dialogamos com o cidadão, um trabalho exaustivo, mas extremamente importante para fortalecer os laços, os compromissos do governo com a sociedade e dar voz ao povo. Não fomos somente desenvolver um trabalho técnico, mas também para escutar, sem críticas, o cidadão. Entendemos a importância desse processo e que a população quer nos ajudar a construir um Estado melhor para todos“, afirmou Camilo Capiberibe.

Na ocasião, foi exibida uma apresentação sobre encaminhamentos e diretrizes formuladas pela equipe técnica que trabalha na elaboração do PPA. A segunda etapa da conferência ocorrerá nesta quinta-feira, 25, no auditório da Universidade do Estado do Amapá (Ueap). Em seguida, o PPA será encaminhado para a apreciação da Assembleia Legislativa (AL/AP).

Além do governador, a reunião contou com a presença da primeira-dama do Amapá, Cláudia Camargo Capiberibe, da vice-governadora Dora Nascimento, da representante comunitária, Delmira da Mata e do prefeito de Cutias, Paulo José Filho, que representou a Associação dos Municípios do Estado do Amapá (Ameap).

Também compareceram ao encontro o representante do Ministério Público Estadual (MPE/AP), procurador Adauto Barbosa, deputados estaduais, secretários e servidores do Estado, além da imprensa e sociedade civil.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *