Governador Clécio Luís autoriza convocação de aprovados em concurso para procurador do Estado do Amapá

Na terça-feira, 25, o governador Clécio Luís autorizou a convocação para a fase documental e exames médicos de mais três procuradores aprovados no concurso público da Procuradoria-Geral do Estado do Amapá (PGE-AP) realizado em 2018. O chamamento busca fortalecer a instituição.

“São novos procuradores de carreira que chegam para compor o quadro da PGE do Amapá e nos ajudar a defender os direitos e interesses do Estado do Amapá. É um grande reforço para o time da Procuradoria”, destaca o governador.

CONFIRA O EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Em março deste ano, foram convocados 6 aprovados para preenchimento do quadro, mas três vagas não foram ocupadas. Por isso, foi feita uma nova convocação para a apresentação de documentos e exames médicos, fase eliminatória. Os convocados devem comparecer nos dias 2 e 3 de julho, na sede da PGE e no Núcleo de Perícia Médica da Secretaria de Estado da Administração.

Reforço

Criada há 16 anos, a PGE-AP possui 50 cargos previstos em lei. Com a posse dos novos servidores, o quadro efetivo, que hoje tem 44 procuradores, terá as 50 vagas preenchidas, o que representa um avanço para a advocacia pública.

“Essa convocação representa um respeito pela carreira e o papel da PGE, que, com as licitações e mais processos administrativos, tem encarado uma maior demanda de trabalho”, pontua o procurador-geral do Estado, Thiago Albuquerque.

São 27 setores que compõem a PGE-AP, incluindo núcleos, centros e procuradorias especializadas. Entre elas, está a Procuradoria Tributária, que atua nos processos relacionados à dívida ativa e com atendimento ao público, prestando orientação e auxílio aos contribuintes em débito tributário com o Estado, apresentando formas e facilidades para que se regularizem, ficando em dia com seus tributos.

Texto: Karina Rodrigues e Fabiana Figueiredo
Foto: Max Renê/GEA
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *