Governador do Amapá prestigia evento que celebra o Dia Mundial da Conscientização do Autismo


O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, participou, nesta segunda-feira, 2, no Monumento Marco Zero, da programação realizada pelo Centro de Integração e Atendimento ao Autista (Integra) e Associação de Pais e Amigos dos Autistas do Amapá (AMA), com apoio da Secretaria de Estado de Inclusão e Mobilização Social (Sims), do Dia Mundial da Conscientização Autista.

A data, celebrada em todo o mundo, foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e visa conscientizar a sociedade sobre o tratamento especial aos portadores da síndrome. Ao todo, a AMA possui 122 associados, mas números extra-oficiais estimam que eles sejam centenas no Amapá.

De acordo com o presidente da AMA, Frank Benjamim, o apoio do Estado, que consistiu na mobilização da população executada pela Sims, é fundamental para a conscientização da sociedade sobre o tratamento que os portadores da síndrome necessitam.


Durante o evento, o Monumento Marco Zero do Equador foi iluminado com a cor azul, tonalidade símbolo da luta pela causa dos autistas. Desde a semana passada, o Governo do Amapá aderiu à campanha. O Palácio do Setentrião, sede do Poder Executivo, está com refletores azuis acessos.

Camilo Capiberibe enfatizou que ações, como as de hoje, promovem a reflexão sobre o tema e a inclusão social das pessoas que sofrem da síndrome. O governador destacou que é preciso que a população tenha esclarecimento sobre o autismo e também se comprometeu em dar total apoio à AMA.

“Este é o momento de chamar a atenção da sociedade para o autismo. Portanto, estou muito feliz em participar deste evento. Quero deixar consignado que firmaremos parceria com a AMA e assim apoiaremos muito mais do que fizemos até agora. Pois o autista precisa de um olhar diferenciado, respeito e tratamento digno e é nosso papel garantir isso”, pontuou o governador Camilo Capiberibe.


Autismo

O autismo é uma síndrome que atinge quase dois milhões de brasileiros. Em crianças é mais comum do que o câncer, AIDS e o diabetes. No mundo, a Organização das Nações Unidas (ONU) estima que existam mais de 70 milhões de pessoas com a síndrome.

O autismo restringe a comunicação de seu portador com os demais ao seu redor. Para os especialistas, o autista tem uma maneira peculiar e introspectiva de ver o mundo. Os primeiros sinais aparecem até os três anos de idade. 


A importância para a família

Segundo o autônomo Arley Costa, pai do autista Artur Costa, o evento é um marco no Amapá. Para ele, quanto mais a população souber sobre o autismo, melhor ela tratará seus portadores.

“Ações como essa fortalecem a nossa luta para a conscientização da sociedade. Pois ao tomar conhecimento, as pessoas saberão como devem cuidar de um autista. Outro ponto positivo desta data é que nossos filhos e amigos autistas terão melhor assistência do poder público. A presença do governador nesta celebração é fundamental neste processo”, pontuou Arley Costa.

Também prestigiaram o evento a primeira dama do Estado, Cláudia Camargo Capiberibe, a titular da Sims, Eloiana Cambraia, a coordenadora da AMA, Jane Costa, a deputada Cristina Almeida, secretários de Estado, vereadores de Macapá, imprensa e sociedade civil.


Elton Tavares
Assessor de comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *