Governador inaugura escritório da Agência de Pesca do Amapá em Tartarugalzinho


O Governador do Amapá, Camilo Capiberibe, inaugurou, neste sábado, 24, no município de Tartarugalzinho, o escritório da Agência de Pesca do Amapá (Pescap). O novo espaço tem o objetivo de facilitar e agilizar ainda mais o atendimento aos pescadores da localidade. A medida visa incentivar o aumento da produção da Colônia de Pesca no local, que possui 1500 associados.

Além da Pescap, no espaço funcionarão as representações do Instituto Estadual de Florestas (IEF) e da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Amapá (Diagro). A ação faz parte da política do Governo para o desenvolvimento econômico do Estado.


Segundo o presidente da Pescap, João Bosco Alfaia, o escritório servirá para diversos serviços que irão beneficiar agricultores, pescadores e até mesmo ribeirinhos e extrativistas florestais. Ele também explicou que, no local, trabalharão três técnicos em pesca que orientarão os pescadores sobre cadastros e benefícios.


João Bosco Alfaia também afirmou que, ainda em 2012, serão inaugurados escritórios como este em Santana, Oiapoque, Calçoene, Mazagão e Ferreira Gomes.

“O Amapá é o maior do Brasil em potencial pesqueiro extrativista. Com o apoio que o governador está nos dando, inauguraremos mais centros como este no interior e assim fortaleceremos os pescadores, agricultores e todos os cidadãos que vivem da produção no Estado. Agradeço a Camilo Capiberibe pela determinação e vontade política que fará nosso setor pesqueiro avançar”, ressaltou o titular da Pescap.

O governador pontuou que o escritório será um centro integrado do setor produtivo, pois o IEF e a Diagro também desenvolverão suas atividades nele. Camilo Capiberibe disse ainda que na área da pesca, além de Tartarugalzinho, o espaço atenderá a demanda do município de Pracúba, ambos na Região dos Lagos, que possui grande potencial no setor produtivo.

“Essa estrutura física atenderá o pescador, o agricultor e o criador de gado. Mas essa medida só foi possível porque chamamos os concursados para o setor produtivo, que foram mais de 170 novos servidores, que poderiam ter sido chamados antes, mas não foram. Pois sem o profissional qualificado, o produtor não tem o acompanhamento necessário para a melhoria de suas atividades”, esclareceu o governador.

“Toda a estrutura da Pescap estava concentrada em Macapá. Entendemos que a distância e tempo que o pescador levava para viajar até a capital era um sacrifício para o cidadão. Portanto, este escritório irá facilitar a vida da população do interior, que terá a política pública próxima de sua casa. Este é um direito e nós estamos garantindo este serviço. E estamos apenas começando”, assegurou o governador.


Facilidade para o pescador e agradecimento do cidadão

O pescador Euzébio da Silva discorreu sobre os benefícios do escritório e agradeceu ao governador pela medida.

“Não precisaremos mais nos deslocar até a capital para sermos inseridos na linha de crédito do Fundo de Desenvolvimento Rural do Amapá do governo do Estado. Com o novo escritório, podemos fazer o cadastro aqui mesmo. Agradecemos ao governador Camilo Capiberibe pela iniciativa”, comentou o pescador.


Peixe Popular

Ainda em Tartarugalzinho, o governador visitou o prédio onde será executado o Programa Peixe Popular, da Pescap. A ação acontecerá no período da Sema Santa, em abril próximo.A ação tem o objetivo vender o peixe para a população a preços acessíveis. O projeto, que tem o apoio do Governo do Estado do Amapá, é desenvolvido pela Pescap e executado pelas colônias e empreendedores do setor pesqueiro.

De acordo com o presidente da Pescap, o projeto consiste em financiamento do Estado para facilitar a captura do pescado e fomenta ações necessárias como gelo, óleo diesel e transporte para que o pescador desenvolva a atividade. A intervenção do Governo barateia o custo do produto para a população.

Para o governador, além da interiorização do órgão responsável pelo setor pesqueiro, o Estado, por meio da Pescap, efetiva o Peixe para melhorar a comercialização do produto e assim gerar emprego e renda para os cidadãos que vivem da pesca.

“Estamos integrando quem produz com o mercado consumidor. Já avalizei o recurso para a execução do projeto Peixe Popular durante a Semana Santa, que soma R$ 74 mil e farei o investido necessário para a manutenção do programa durante o ano todo”, finalizou o governador.

Elton Tavares
Assessor de comunicação
Secretatia de Estado da Comunicação
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*