Governador inaugura nova cozinha do Iapen

                                                                        Foto: Antônio Sena.
 
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, inaugurou, nesta quinta-feira, 9, no Instituto e Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), a nova cozinha e refeitório do Iapen. A medida representa redução de custos, além da melhoria da qualidade da alimentação dos internos e servidores da casa prisional.

Com um investimento de R$ 1,7 milhão, o novo ambiente é modernizado e segue os padrões exigidos pela Vigilância Sanitária. Possui duas câmaras frias, seis caldeiras, dois microondas e quatro fogões industriais. Além da cozinha moderna, o novo espaço possui um açougue e refeitório completo, onde os servidores da penitenciária poderão fazer suas refeições em local totalmente climatizado.

Para o titular da Secretaria de Estado da Segurança e Justiça (Sejusp), Marcos Roberto, a nova benfeitoria é um avanço para o sistema prisional do Amapá. O secretário listou uma série de ações positivas no Iapen, como a retomadas de obras, convocação de concursados e redução de fugas. Segundo ele, após a conclusão das edificações na casa prisional, a penitenciária será a única no Brasil sem problemas de superlotação e com novas vagas.

“Essa cozinha foi mais um passo no processo de estruturação do Iapen. Com o apoio do governador, reativamos guaritas, diminuímos fugas, retomamos todas as obras no Iapen, que contam com um investimento de R$ 12 milhões. Estes serviços estavam paralisados por falta de contrapartida, mas o governador Camilo Capiberibe garantiu esse recurso repassando R$ 2 milhões para que retomássemos as obras”, disse Marcos Roberto.

Para o governador, ações como a construção da nova cozinha beneficia os servidores do Iapen, que terão um espaço físico climatizado para fazerem suas refeições e oportunizam a melhoraria da ressocialização dos internos, que terão a alimentação melhorada.

“Vamos oferecer uma alimentação mais descente para os reeducandos, e eu, como governador, estou mostrando meu respeito por eles. Além de tudo estar dentro das normas e padrões de higiene para servirmos refeições para os apenados e servidores, inauguramos também o refeitório. Isso é um pequeno passo, mas, muito significativo. Há 15 anos eles reivindicam esse benefício e nós em 5 meses estamos entregando, com determinação se consegue”, pontuou o governador.

                                                                     Foto: Antônio Sena.                                        
     
Camilo Capiberibe disse ainda que, quando era deputado, encaminhou um relatório solicitando a melhoria das condições no Iapen, inclusive a construção da nova cozinha para a melhoria do serviço na penitenciária.

“Estive aqui, quando ainda era deputado estadual e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Amapá. Vi muitas coisas ruins. Pessoas vivendo em condições desumanas e, inclusive, comi no Iapen e constatei que a refeição era muito ruim. Precisamos que os internos sejam bem tratados enquanto cumprem suas penas, para que eles voltem recuperados para o convívio social”, pontuou o governador.

Defensoria Pública dentro do Iapen

Durante seu pronunciamento, o governador anunciou que, no local onde funcionava o antigo refeitório do Iapen, será instalado um Núcleo da Defensoria Pública do Estado (Defenap), que agilizará o trabalho do órgão junto à casa prisional. Camilo Capiberibe afirmou que é preciso uma política prisional séria, para que os internos recebam um tratamento justo.

“Se o Iapen estiver estruturado e seguro, teremos mais segurança, o reeducando não vai sair daqui maltratado e nem humilhado, mas ressocializado para que a população tenha mais segurança. Não vamos conseguir isso com política ineficiente. Eles devem cumprir a pena da Justiça integralmente, voltar para a sociedade, se reintegrar e não voltar para o crime”, finalizou o governador.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*