Governador participa da abertura do Equinócio da Primavera

Foto: Márcia do Carmo.
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, acompanhado da primeira-dama do Estado, Cláudia Camargo Capiberibe, participou, nesta quinta-feira, 22, no Monumento do Marco Zero do Equador, da solenidade oficial de abertura do Equinócio da Primavera 2011, que tem como tema “Ano Internacional das Florestas”.

A programação, que iniciou com exposições e atividades culturais no último dia 19 e encerrará neste sábado, 24, visa instruir alunos da rede pública estadual sobre o Equinócio e fortalecer a identidade da população com o Monumento Marco Zero do Equador, que é um dos principais pontos turísticos do Amapá.

O ponto alto do evento é o Equinócio, um dos dois momentos em que o Sol, em sua órbita, cruza o plano do Equador celeste. É a Linha do Equador terrestre projetada na esfera solar. O fenômeno natural acontece nesta sexta-feira, 23. 

O solstício faz com que o dia e a noite durem igualmente 12 horas. Os equinócios ocorrem nos meses de março e setembro e definem as mudanças de estação. No Hemisfério Norte a primavera inicia em março e o outono, em setembro. No Hemisfério Sul é o contrário, a primavera começa em setembro e o outono, em março.

A programação é executada pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur), em parceira com a Secretaria de Estado da Comunicação (Secom), Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) e Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

O evento reúne, além de visitantes de todos os municípios do Estado do Amapá, turistas nacionais e internacionais. O projeto prevê o desenvolvimento de atividades como “A Escola Vai ao Meio do Mundo”, onde os estudantes participarão de palestras com enfoque no tema do Equinócio e Astronomia, além de assistir a várias atrações artísticas e culturais.

De acordo com a titular da Setur, Helena Colares, a programação conscientiza estudantes, turistas e sociedade em geral sobre a importância do Monumento Marco Zero e do Equinócio para o Amapá.

“A capital amapaense é a única cidade do Brasil cortada pela Linha do Equador, portanto, o Equinócio só acontece no país em Macapá. Nosso objetivo é despertar e instigar o interesse de nossa população para esse fenômeno natural que é uma peculiaridade amapaense”, destacou a secretária.

Reestruturação e fortalecimento do Turismo

Durante seu pronunciamento, o governador pontuou algumas ações que fortalecem o Turismo no Amapá. Entre as elas estão a reinauguração do Museu do Curiaú; Revitalização do Museu Sacaca, que será aberto à visitação em novembro de 2011; A recuperação do Parque do Forte e a reforma da Fonte que ladeia a Fortaleza de São José de Macapá.

“Estamos investindo na infraestrutura turística amapaense, precisamos fortalecer nossos pontos de visitação, pois estes espaços são fundamentais para o setor. O Equinócio é muito importante para nosso turismo e é preciso valorizar este potencial do Amapá”, afirmou o governador.

Elton Tavares

Assessor de comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*