Governador participa do lançamento do PAC 2 no Amapá

                                                                            Foto: Antônio Sena.
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, participou, nesta quarta-feira, 29, no auditório da Justiça Federal, em Macapá, do lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento II (PAC 2) no Estado. A solenidade contou com a presença do presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Carlos de Carvalho Queiroz Filho, que veio a capital amapaense para oficializar a implementação do programa.

O PAC 2 tem o objetivo de levar saneamento básico aos 16 municípios do Amapá. De acordo o presidente nacional da Funasa, o Plano de Aceleração do Crescimento II, que atenderá somente obras de água e esgoto, destinará recursos aos municípios que necessitam destes serviços.

Segundo ele, as novidades para a segunda etapa do plano federal são as contrapartidas, que serão dispensadas, e todos os municípios que tiverem projetos adequados as especificações do governo federal, poderão acessar os recursos até o dia 15 de Julho de 2011.

O governador disse que essa aproximação entre os municípios, Estado e governo federal em torno de um objetivo comum, que é a melhoria da qualidade de vida do cidadão, é válida. Camilo Capiberibe ressaltou que melhorar o problema do saneamento básico do Amapá é, além de uma questão de saúde pública, o respeito para com a dignidade do cidadão.

“A união dos municípios, Estado e governo federal é muito importante. Só assim mudaremos a realidade que vive o Amapá. Saneamento é uma política social determinante, pois é saúde. Melhorar estes serviços é mostrar respeito para com a dignidade do cidadão e melhoria de vida do nosso povo, no interior e na capital”, pontuou o governador.

Governo trabalhando em prol da população do Amapá

O governador disse, durante seu pronunciamento, que a Agência de Desenvolvimento do Amapá (Adap) auxiliará todos os municípios que precisarem de projetos para o acesso aos recursos do PAC 2. Ele afirmou ainda que todos os cidadãos têm direito ao saneamento, não só das maiores cidades, mas também ribeirinhos e moradores de comunidades pequenas do Estado.

“A Adap formulará projetos para as prefeituras que necessitarem de ajuda para o acesso dos recursos federais. Faremos tudo para conseguir este avanço para o Amapá como um todo, não só na capital, mas em todas as nossas cidades, pois nosso compromisso é com todos que residem neste Estado”, enfatizou o governador.

Camilo Capiberibe disse também que a Companhia de Abastecimento de Água e Esgoto (Caesa), que já executa serviços para a melhoria do saneamento básico em Macapá e no interior, se emprenhará com equipes técnicas e operacionais para as obras do PAC 2 em todo o Estado.

“Estamos executando obras importantes do PAC 1 em Macapá, Santana e Laranjal do Jari. Com o PAC 2, trabalharemos para construir infraestrutura para beneficiar com saneamento básico todos os municípios do Estado”, disse Ruy Smith, presidente da Caesa.

Opinião do judiciário

De acordo com o juiz federal, João Bosco, este é um momento novo na história do Amapá. O magistrado disse que essa união de poderes é positiva e ajudará na melhoria da saúde da população no Estado.

“Estamos virando uma página no Amapá. O governador Camilo Capiberibe mostra boa vontade em melhorar a qualidade de vida do cidadão”, destacou o juiz.

Além do governador, titular da Caesa, presidente nacional da Funasa e juiz federal, prestigiaram o evento o presidente nacional da Fundação Nacional de Saúde, José Roberto, secretários de Estado, deputados estaduais, prefeitos de municípios, imprensa e sociedade civil.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*