Governador participa do lançamento do Programa Acelera Santana

Foto: Márcia do Carmo.
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, participou, nesta segunda-feira, 30, na Câmara Municipal de Santana (CMS), do lançamento do Programa Acelera Santana (PAS). A ação consiste em melhorar a infraestrutura de Santana, por meio da conclusão de obras já iniciadas e início de novas benfeitorias no município.

Durante a solenidade, o prefeito Antônio Nogueira, entregou ao governador “A Carta de Santana”, documento que detalha a situação em que o município se encontra e explica o plano de desenvolvimento, proveniente de recursos federais, que totalizam R$ 50 milhões, conseguidos pela bancada federal do Amapá, que será usado em obras já iniciadas e que ainda serão construídas no município.

Para tal, a prefeitura do município necessita de contrapartidas do Estado na ordem de R$ 9 milhões, divididos em duas parcelas. Camilo Capiberibe afirmou que a proposta é viável e que irá apoiar o desenvolvimento do município, o segundo maior do Amapá.

“Nosso desejo é trabalhar com todas as prefeituras. Trabalharemos em conjunto e apoiaremos este tipo de iniciativa, que visam melhorar a vida do cidadão. Precisamos resgatar Santana, pois ela foi esquecida pela gestão passada. É com parceria que o município avançará”, pontuou o governador.

O prefeito agradeceu a ajuda do governador. De acordo com Antônio Nogueira, em 2010, a gestão passada repassou somente R$ 250 mil para Santana, prejudicando a execução de ações positivas na cidade. Ele disse também que de janeiro a maio de 2011, o governador já repassou R$ 650 mil, mostrando a diferença de responsabilidade e respeito para com o cidadão santanense.

“Agradeço ao governador Camilo Capiberibe, que tem boa vontade e se propôs a ajudar Santana. É assim, de mãos dadas que desenvolveremos nosso município. Listamos, na Carta de Santana, reivindicações que vão além de pedidos de um prefeito aliado. São demandas objetivas e mínimas da nossa cidade. Trabalharemos em parceria para o bem de nosso município”, enfatizou Antônio Nogueira.

Obras do PAS

De acordo com o prefeito de Santana, as obras que serão concluídas e iniciadas com o PAS, são: O Teatro Municipal, Complexo da Vila Olímpica, Praça da Juventude, Shopping Popular, Praça do Bairro Fonte-Nova, Terminal Pesqueiro e outras que estão em andamento.

“O PAS é um plano de estruturação de Santana. Ajudaremos todas as iniciativas como essa, não só deste município, mas em todo o Amapá. Governamos para todo o Estado, independente de partidarismo”, colocou o governador.

A luta pela CEA

Durante seu pronunciamento na CMS, o governador explicou que, nesta quinta-feira, 2 de junho, encerrará o prazo do Ministério de Minas e Energia para pagamento da dívida da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).

“Na próxima quinta-feira, acaba o nosso prazo. Decisão essa tomada há cinco anos, mas nós estaremos em Brasília para pedir ao Ministério que não acabe com a CEA“, disse o governador.

De acordo com Camilo Capiberbe, ele irá a Brasília (DF), nesta quarta-feira, 1º de junho, para tentar mudar o prazo e impedir a intervenção na estatal. Segundo o governador, a CEA terá chance de se capitalizar quando o Amapá começar a gerar energia.

“Em 2013, nós estaremos gerando energia elétrica através da Hidrelétrica de Ferreira Gomes, que terá somente um cliente até 2015, a CEA. Isso significa que nossa estatal, que compra energia cara e vende pela menor tarifa do Brasil, poderá se capitalizar”, destaca Camilo Capiberibe.

O governador aproveitou para pedir a ajuda dos deputados federais, Bala Rocha, Evandro Milhomem e Marcivânia Flexa, presentes na solenidade, para dar voz à causa e pedir pelo prolongamento do prazo dado ao governo do Amapá para a regularização da Companhia.

“Estamos honrando nossos compromissos, pois pagamos R$ 10 milhões por mês à Eletronorte. A situação da CEA foi causada pela falta de responsabilidade do governo passado, nós temos como reverter o quadro, mas precisamos de mais tempo. Peço aos deputados da bancada amapaense que nos ajudem neste caso. Não estamos em posição de pedir para não federalizar a Companhia, mas não podemos aceitar a privatização de nossa estatal”, comentou o governador.

Além do governador, prefeito da cidade e deputados federais, também participaram do evento o secretário de Estado do Desenvolvimento Rural, José Roberto, os deputados estaduais Charles Marques e Rosely Matos, vereadores de Santana e sociedade civil.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*