Governador reúne-se com beneficiárias do Renda para Viver Melhor de Laranjal do Jari


O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, reuniu-se nesta sexta-feira, 11, na Escola Estadual Mineko Yashida, em Laranjal do Jari, com as beneficiárias do Programa Renda para Viver Melhor (PRVM). Ao todo, cerca de 1.600 pessoas do município recebem o benefício. O encontro, a exemplo das reuniões realizadas em Macapá, Santana e Oiapoque, visou esclarecer dúvidas da população sobre o programa.

Segundo a titular da Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização (SIMS), Eloiana Cambraia, o PRVM beneficia aproximadamente 18 mil famílias em todo o Amapá e foi modificado para melhorar a qualidade de vida de seus beneficiários. A titular da Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (SIMS) disse ainda que o pagamento do programa social está em dia desde o início de 2011, quando o governador Camilo Capiberibe assumiu o governo.

Benefício

De acordo com a secretária da SIMS, as mulheres que recebem o benefício têm a obrigação de manter os filhos na escola e obedecer ao calendário de vacinação de suas crianças.

Avanços

Eloiana Cambraia explicou que, em março de 2012, o governador ampliou o benefício de R$ 272,50 para R$ 311,00. A secretária elucidou que Camilo Capiberibe melhorou a condição de vida das famílias em vulnerabilidade social. Além disso, destacou ela, o pagamento do benefício foi fixado no dia 29 de cada mês, possibilitando o planejamento do cidadão. Outra mudança positiva foi a admissão do cartão bancário, que deixa a família menos vulnerável.

Durante seu pronunciamento, o governador disse que mesmo com os problemas orçamentários do Estado foi feito um esforço para ampliar o benefício, por ele entender que é preciso investir na melhoria da qualidade de vida do cidadão. Ele pontuou que o benefício foi criado em 1996, durante a gestão do então governador João Capiberibe, como uma inovação em políticas públicas voltada para o povo.

Autonomia para as beneficiárias

O governador destacou que, além do pagamento em dia do benefício e do aumento do PRVM, o pagamento do programa via instituição bancária garante a cidadania dos cidadãos beneficiários, impedindo que o programa seja com fins eleitoreiros.

“É importante dizer que agora as beneficiárias recebem o PRVM no banco, pois o cartão impede que elas sejam pressionadas em períodos eleitorais”, completou o governador.

Desmentindo a oposição irresponsável

O governador comentou que, antes dele assumir o governo, foi cogitada, por seus opositores, que ele acabaria com o Programa Renda para Vier Melhor. “Não iremos extinguir o PRVM, quem disser isso está mentindo. O programa não acabará, pelo contrário, foi fortalecido e agora é executado corretamente e de forma responsável”, assinalou Camilo Capiberibe.

“Como eu poderia abandonar vocês, beneficiarias, se este programa faz com que as mães cuidem melhor de seus filhos. Seria uma grande injustiça”, finalizou o governador.

Reconhecimento

A dona de casa Maria Conceição Carvalho agradeceu o governador pelos avanços no benefício e afirmou que ela e as demais mães beneficiárias acreditam no compromisso de Camilo Capiberibe para com o povo carente de Laranjal do Jari.

Participaram do evento a prefeita de Laranjal do Jari, o chefe de Gabinete Civil, Kelson Vaz, os secretários de Estado da Educação, Adalberto Carvalho, da Juventude, Alex Nazaré, dos Transportes, Sérgio La-Roque, o diretor-presidente do Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Estado do Amapá (Imap), Maurício Sousa, o diretor da Companhia de Eletricidade no município, Manoel Pombo, milhares de beneficiados do PRVM e sociedade civil.

Elton Tavares/Secom
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*