Governo do Amapá adere à Campanha Luzes Azuis, que visa sensibilizar a população sobre o autismo


Nesta segunda-feira, 2, será celebrado o Dia do Orgulho Autista em todo o mundo. A data, criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), visa à sensibilização da sociedade sobre o tratamento especial aos portadores da síndrome.

O Governo do Amapá aderiu a uma campanha mundial Luzes Azuis. O Palácio do Setentrião, sede do Poder Executivo, já está todo iluminado com a cor símbolo da programação que objetiva chamar a atenção da população para o autismo.

De acordo com o chefe adjunto do Gabinete Civil, Délcio Magalhães, é preciso que a população tenha esclarecimento sobre o autismo. Ele enfatizou que a campanha também objetiva promover a inclusão social das pessoas que sofrem da síndrome e educar o público em geral sobre o autismo.

Além do Palácio, no dia 2 de abril será realizada uma programação no Monumento Marco Zero, que culminará com o acender das luzes azuis, às 18h, movimento este que acontecerá em todo o mundo ao mesmo tempo.

Também na segunda-feira, uma programação alusiva ao Dia do Orgulho Autista, que contará com palestras, exposição de trabalhos relacionados ao autismo, além de exibição de filmes, será realizada em escolas da rede estadual de educação. A ação é coordenada pelo Núcleo de Educação Especial da Secretaria de Estado da Educação (Seed).

A programação ocorrerá simultaneamente na Escola Estadual Princesa Isabel; Escola Estadual Coelho Neto; Escola Estadual Elza Lino; Escola Estadual Castro Alves; Escola Estadual Augusto dos Anjos; Escola Estadual Oneide Pinto e Centro Raimundo Nonato. Segundo dados da Seed, em Macapá existem 48 autistas na rede estadual de ensino.

Autismo

O autismo é uma síndrome que atinge quase dois milhões de brasileiros. Em crianças é mais comum do que o câncer, AIDS e o diabetes. No mundo, a Organização das Nações Unidas (ONU) estima que existem mais de 70 milhões de pessoas com a síndrome.

Elton Tavares
Assessor de comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *