Governo do Amapá entrega novo lotes de vacinas contra a Covid-19 para municípios do Estado

Após o recebimento das 10.700 doses de vacinas contra o coronavírus, enviadas pelo Ministério da Saúde neste sábado, 27, o governador do Estado do Amapá, Waldez Góes, foi pessoalmente entregar para as prefeituras de Macapá e Santana os lotes para continuidade dos planos de imunização.

O lote contendo 6.200 doses de CoronaVac e 4.500 de AstraZeneca foi complementado com mais 2.300 doses da reserva técnica do Estado para ser dividido entre os 16 municípios.

A comitiva das vacinas saiu da Central de Abastecimento e Distribuição de Imunobiológicos (Cadi/SVS) escoltados pela Força Tática e o Batalhão de Operações Especiais. Macapá recebeu 8.030 doses e Santana 1.790.

O governador Waldez orientou os profissionais da saúde e nivelou as informações com os prefeitos, ressaltando as medidas que estão sendo tomadas no enfrentamento ao vírus e a necessidade da conscientização da população.

“Estamos entregando mais vacinas, mais exames, mais oxigênio, instalando mais insumos para a assistência à saúde. À medida que a sociedade engajar no distanciamento social poderemos controlar o avanço do vírus”, disse Góes.

Ainda de acordo com o chefe do executivo, uma força-tarefa está sendo feita com governadores de outros estados e com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para que os agentes de segurança pública entrem na no grupo prioritário de vacinação.

“São profissionais que, igualmente aos profissionais da Saúde, estão atuando desde o primeiro dia da pandemia”, concluiu.

Nova remessa

Na manhã deste domingo, 28, os demais municípios começaram a receber o novo lote. A responsabilidade e logística da distribuição fica por conta da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) com apoio da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, que garantem a segurança no transporte.

“A vacina é sinônimo de esperança para a população, quanto mais pessoas imunizadas menos pessoas agravam, desafogando o sistema de saúde”, comemorou Dorinaldo Malafaia, superintendente da SVS no Amapá.

Nessa remessa também foram enviadas segunda dose para trabalhadores da saúde e idosos de 75 a 79 anos.

Texto: Henrique Borges, com colaboração de Nathanael Zahlouth e Marcelo Guido.
Fotos: Márcio Pinheiro
Assessoria de comunicação do GEA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *