Governo do Amapá lança linha de crédito para startups e negócios inovadores durante o Startup20

Como parte da política de fortalecimento do empreendedorismo criativo e sustentável, o Governo do Amapá lançou uma linha de crédito para startups e empresas inovadoras do estado. O anúncio, pelo governador Clécio Luís, aconteceu durante o terceiro dia do Startup20, que reúne 20 delegações das maiores potências mundiais no Amapá.

Denominado de Inova Cred, o programa vai financiar recursos de cerca de R$ 4 milhões, através da Agência de Fomento do Amapá (Afap), juntamente com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. A proposta, disponível a partir desta segunda-feira, 26, viabiliza de forma rápida, acessível e inclusiva, investimentos para o desenvolvimento dos projetos.

“Neste momento inédito que marca a história das startups no Amapá queremos associar esse ativo ambiental ao ativo econômico que o Startup20 nos oferece. Estamos lançando o Inova Cred, um programa que vai viabilizar recursos para startups, investimento em inovação e novas tecnologias. O anúncio dessa linha de crédito é uma grande ferramenta de indução dessa economia inovadora”, enfatizou o governador, Clécio Luís.

O diretor-presidente da Afap, Eduardo Ferreira, explica que os interessados em aderir a modalidade de crédito devem procurar a Afap e preencher um formulário. Após isso, as solicitações seguem para entrevista, visita técnica, análise da proposta e, posteriormente, estando tudo conforme os critérios estabelecidos ocorre a liberação do crédito.

“Neste primeiro momento, as empresas interessadas devem procurar a Afap. O Inova Cred, é voltado para inclusão produtiva e ampliação de oportunidades inovadoras, esse recurso é uma forma de fortalecer e alavancar o ecossistema de startups do Amapá. Por exemplo, nós temos startups muito fortes como a Proesc e a Orçafácil que tem um valor comercial relevante, mas que precisam de recursos para fortalecer e ampliar seu sistema de inovação”, pontuou o diretor-presidente.

O Amapá é o estado da Amazônia com o maior ecossistema de startups no mercado, a nível nacional ocupa o segundo lugar no segmento de inovação tecnológica e criativa.

Para Juliana Nunes, CEO da startup Açaí Maps, o programa Inova Cred, é o apoio que precisava para expandir ainda mais a atuação de startups no mercado gerando diversos benefícios na economia e uma escala maior de produtividade.

“Cada vez mais nós buscamos crescimento acelerado, mas para que a gente possa fazer isso precisamos de acesso a incentivos como o Inova Cred que acabou de ser anunciado pelo governador Clécio Luís, o recurso é primordial para que a gente, ao invés de crescer em 10 anos, consiga fazer isso em três. Com essa agilidade geramos maior renda e facilidade para o consumidor acessar a matéria-prima. O evento é uma oportunidade para o mundo identificar o que temos na Amazônia. Estar aqui é uma honra e espero cada vez mais acessar e ter oportunidades como esta”, destacou Juliana.

Startup20 no Amapá

O Amapá é sede do maior evento de inovação e tecnologia do mundo, o Startup20, promovido pela Associação Brasileira de Startups (Abstartups) em parceria com o Governo do Estado e o Sebrae. O evento internacional, inédito no Brasil, que encerra nesta segunda-feira, 26, reúne autoridades e representantes de vários países para debater alternativas inovadoras para o planeta.

Em 2023, durante a 52ª Expofeira do Amapá, o Governo do Estado, que desenvolve políticas públicas de incentivo à inovação, empreendedorismo e a bioeconomia, assinou uma Carta de Intenção que formalizou a realização, em solo amapaense, do encontro que abre oficialmente uma série de eventos do Startup20, que ocorrerão no país, durante o ano.

A iniciativa global, que teve sua primeira edição na Índia, faz parte das ações do Grupo de Engajamento Startup 20, criado pelo G20, organização das maiores economias do mundo, que conta também com outras nações da União Europeia e Africana.

Texto: Alexandra Flexa
Fotos: Israel Cardoso, Max Rêne e Nayana Magalhães/GEA
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *