Governo do Amapá leva assistência para famílias atingidas em incêndio no Vale Verde, em Macapá

O Governo do Amapá levou assistência emergencial, no sábado, 29, para as famílias atingidas pelo incêndio, no bairro Vale Verde, na Zona Sul de Macapá. A medida faz parte das ações de acolhimento do Estado em situações humanitárias. O fogo que atingiu cinco casas, ocorreu na noite desta sexta-feira, 28, e foi controlado por equipes do Corpo de Bombeiros.

A equipe da Secretaria de Estado de Assistência Social está atendendo as pessoas afetadas de acordo com as particularidades de cada morador. Das cinco residências, três tiveram perda total.

“Nós estamos aqui para dar todo suporte que as famílias estão precisando. Temos as políticas públicas voltadas para essa assistência, como retirada de documentos, inserção no aluguel social, identificação das crianças para questão escolar e a renda emergencial”, detalhou a secretária adjunta da Assistência Social, Lorena Dias.

Um levantamento foi feito para que as famílias sejam atendidas pelo programa “Amapá Sem Fome”, pela segurança nutricional. Também foi realizada uma análise do perfil de empreendedores, que tiveram suas casas atingidas, para uma articulação junto à Agência de Fomento do Amapá (Afap) sobre a possibilidade da concessão de linha de crédito aos trabalhadores.

Entre as pessoas afetadas, há crianças, dessa forma, o Governo do Estado amplia os atendimentos à primeira infância, para garantir o acolhimento necessário aos atingidos pelo incêndio.

O empreendedor Josué Brito, que mora no local há 20 anos, trabalha como técnico em eletrônica no espaço improvisado em frente à casa. Ele teve perda total dos ambientes, tanto do trabalho, quanto da moradia.

“Vou precisar reestruturar meu negócio para poder sustentar a minha família, já que perdi também o espaço onde trabalhava e ganhava o meu dinheiro. Saber que a gente tem esse apoio, traz um pouco de alento”, comentou o morador.

Texto: Cristiane Nascimento
Foto: Jhon Martins/GEA
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *