Governo do Amapá monitora casos de doenças em pessoas atingidas pela cheia em Laranjal do Jari

Equipe clínica fizeram monitoramento de pessoas atingidas pela enchente – Foto: Ascom/SVS

As equipes técnicas e clínicas da Superintendência de Vigilância em Saúde do Amapá (SVS) estão realizando um conjunto de ações para monitorar casos de doenças como leptospirose na população do município de Laranjal do Jari, sul do Amapá, que está em situação de emergência devido à cheia de rios. O trabalho é feito em parceria com as autoridades de saúde da cidade.

Com dez bairros atingidos pela enchente e o grande deslocamento de pessoas, os riscos do aparecimento de doenças ligadas ao contato e consumo de água contaminada – como leptospirose e diarreia a guada – passa a ser algo que precisa ser estudado e controlado. E, em tempos de pandemia de Covid 19, qualquer tipo de aglomeração de pessoas passa a ser um risco para o alastramento da doença.

Foto: Ascom/SVS

O conjunto de ações prevê a capacitação dos profissionais da saúde para agir no momento de calamidade; padronização de boletins epidemiológicos , que passam a ser diários; a utilização da rádio local para orientação e informação dos moradores da cidade; a utilização das redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas; além da busca ativa da equipe clínica de pessoas desabrigadas ou atingidas pela enchente com monitoramento de pressão arterial, frequência cardíaca, saturação de oxigênio e temperatura.

Reforço

Está prevista para chegar nesta sexta, 28, mais um reforço para a cidade: uma equipe da SVS chamada “Vigiagua, com profissionais preparados para coletar e realizar análise de amostra de água para o consumo humano em pontos estratégicos do município.

Também está prevista para os próximos dias a vacinação contra a covid-19 para guardas e agentes municipais, que fazem parte das forças de segurança da cidade e estão na linha de frente no auxílio à população.

Foto: Ascom/SVS

“É muito importante esta troca de experiências entre as autoridades locais e estaduais. Nós, da SVS, estamos preparados para auxiliar o município e a população durante toda a situação de emergência na qual encontra-se a cidade. Atuando em várias frentes, conseguiremos cuidar melhor da população”, superintendente da SVS no Amapá, Dorinaldo Malafaia.

Nathanael Zahlouth e Marcelo Guido
Assessoria de comunicação da SVS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *