Governo do Amapá recebe R$ 4,6 milhões em investimentos para fortalecer serviços de saúde

O Amapá recebeu na sexta-feira, 17, cerca de R$ 30 milhões de recursos federais para investimentos na saúde pública. Desse total, R$ 4,6 milhões são para a rede estadual. O repasse foi oficializado em cerimônia no Palácio do Setentrião com o governador Clécio Luís e o senador Randolfe Rodrigues, autor da emenda parlamentar, além de prefeitos e secretários de Saúde de municípios.

“O senador Randolfe tem sido um grande apoiador do Estado e dos Municípios, sobretudo por meio das emendas destinadas por ele. Esses recursos são principalmente para o custeio. Às vezes a gente consegue construir o equipamento de saúde, mas não consegue mantê-lo. Então, esse recurso vem em boa hora para fortalecer e manter as unidades de saúde funcionando”, destacou o governador do Amapá.

São R$ 4,6 milhões destinados ao Governo do Estado; R$ 2,7 milhões para o Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) do Amapá e Norte do Pará; e o restante do investimento foi dividido para a atenção básica de 7 municípios: Macapá, Vitória do Jari, Mazagão, Porto Grande, Calçoene, Serra do Navio e Oiapoque.

“São R$ 30 milhões que serão fundamentais para a aquisição de equipamentos e para a manutenção da rede básica de saúde da maioria dos municípios, incluindo a capital. Esta é mais uma ação focada na reorganização da saúde, que é prioridade absoluta e inegociável do Amapá. Até julho, mais recursos saem para as demais prefeituras, beneficiando todos os 16 municípios”, afirmou o senador Randolfe Rodrigues.

As prefeituras poderão utilizar os recursos para diversos serviços, como a manutenção de Unidades Básicas de Saúde (UBS) e compra de medicamentos.

“Quem ganha com isso são os nossos munícipes. Em breve, o Governo vai estar entregando no nosso município de Oiapoque 30 leitos de UTI. Isso é histórico para o nosso município”, citou o prefeito Breno Almeida, que recebeu cheque com R$ 713 mil para Oiapoque.

Com os R$ 2,1 milhões, a saúde indígena será fortalecida principalmente em Oiapoque, com a reconstrução da UBS Porte 3 na Terra Indígena Uaçá, segundo a coordenadora do Dsei Amapá e Norte do Pará, Simone Karipuna, cujo distrito cuida de aproximadamente 15 mil indígenas.

“Esse aporte financeiro vai nos permitir que possamos realizar obras necessárias dentro do nosso território. Uma delas é a reconstrução da unidade básica da Aldeia Espírito Santo. Vai ser uma conquista muito grande para os povos indígenas da região”, disse a coordenadora.

A saúde é prioridade para o Governo do Amapá. Em 1 ano e 4 meses, o Estado tem feito reformas de unidades de saúde, como o Hospital de Emergências de Macapá (HE) e do Hospital da Mulher Mãe Luzia; melhorado os serviços e investido recursos, tudo para proporcionar dignidade para a população.

Texto: Fabiana Figueiredo
Foto: Max Renê/GEA
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *