Governo do Estado promove roda de conversa em Macapá com as parteiras tradicionais do Amapá

O Governo do Amapá promove nesta sexta-feira, 17, uma roda de conversa com as parteiras tradicionais do estado para debater a importância da prática na Região Amazônica. A atividade faz parte da 22ª Semana Nacional de Museus e será realizado no Museu Sacaca, em Macapá, a partir das 14h30.

No evento, com a presença de mulheres que são referência no assunto e pessoas que nasceram pelas mãos das profissionais, serão abordados temas como o reconhecimento da profissão como Patrimônio Cultural do Brasil pelo Conselho Consultivo do Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A diretora do Museu Sacaca, Ana Kelen Souza, reforça a importância de fortalecer a cultura e tratar sobre a continuidade da história ancestral.

“Além de homenagear essas mulheres e homens destemidos, que tem fé e generosidade para auxiliar as pessoas a qualquer momento, queremos conversar sobre esse ofício que também inclui processos fitoterápicos, prescrição alimentares, preventivas e curativas, mediação religiosa e regimes de conduta social”, destaca a diretora.

Com o tema “Museus, educação e pesquisa: educando o olhar para enxergar o patrimônio”, a 22ª Semana Nacional de Museus encerra no sábado, 18, com ações realizadas nos museus Sacaca, Joaquim Caetano, de Arqueologia e Etnologia e na Fortaleza de São José.

Confira a programação:

Sexta-feira, 17

Museu Sacaca

8h30 às 11h – Oficina “Chás e tinturas de plantas medicinais”

9h às 17h30 – Exposição de Plantas Medicinais e de produtos naturais da região

– Exposição de pesquisas do Iepa;

– Exposição fotográfica sobre um projeto realizado em comunidades indígenas do município de Oiapoque;

– Performance teatral sobre os saberes das parteiras tradicionais, rezas, fé, chás e palavras de acalanto, que garantem a humanização do nascimento (Casa das Parteiras);

– Visita mediada na Exposição a Céu Aberto;

14h30 às 17h – Roda de Conversa com parteiras tradicionais com exibição de vídeo em homenagem às parteiras;

17h30 às 21h – Show musical de Cantores do Amapá;

Museu da Fortaleza de São José de Macapá
8h às 17h – Visitação programada com Escolas Convidadas e Público em geral;

8h às 17h – Exposição “Memórias da Guarda Territorial”;

15h às 17h – Palestra “Memórias do Museu Fortaleza de São de Macapá”;

Museu de Arqueologia e Etnologia
8h às 08h30 – Apresentação cultural;

8h30 às 12h – Roda de conversa com o tema: “Educação museal: Mediação na construção da cidadania”;

Sábado, 18

Museu da Fortaleza de São José de Macapá
8h às 17h – Exposição “Memórias da Guarda Territorial”;

15h às 18h – Visita monitorada com grupo de pipeiros do entorno do Museu e oficina de rabiola (pipas, papagaios e curicas);

Núcleo de Pesquisas Arqueológicas do Iepa (Museu Sacaca)
8h às 14h – Exposição “Macapá Capital Indígena”;

9h30 às 11h30 – Palestra sobre o projeto Amazônia Revelada e como o “LiDAR” está transformando a pesquisa arqueológica amazônica, especialmente com a identificação de sítios de grandes proporções na região.

Texto: Vanessa Albino
Foto: Arquivo/GEA
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *