Governo estadual inicia obras da rodovia Norte/Sul em Macapá

Foto: Márcia do Carmo

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, participou, nesta quarta-feira, 25, da solenidade que marcou o início da obra da rodovia Norte/Sul, que interligará a zona Sul à zona Norte de Macapá. O objetivo da pavimentação é melhorar o tráfego dos moradores da zona Norte que precisam atravessar a capital amapaense diariamente.
A autopista consiste em sete quilômetros de via dupla, moderna, com todo aparelhamento de infraestrutura, ciclovia, canteiro central e iluminação. O valor da obra, que será dividida em duas etapas, é de R$ 40 milhões. O dinheiro é fruto de um convênio do governo estadual com o Ministério das Cidades. O investimento do Estado é de R$ 5 milhões.
De acordo com o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio La-Roque, a previsão de conclusão da primeira etapa, iniciada nesta quarta-feira, 25, é de 180 dias, onde serão executados dois quilômetros de rodovia. A segunda parte dos serviços contará com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), na ordem de R$ 35 milhões, que serão liberados após o término da primeira fase.
“Essa obra marca um novo momento no setor viário de Macapá. Ela só foi possível pelo esforço e boa vontade política do governo, que tem se empenhado para não perder recursos federais”, pontuou Sérgio La-Roque.
Para o titular da Secretaria de Estado da Infra-Estrutura (Seinf), Joel Banha, que trabalha em conjunto com a Secretaria de Estado de Transporte (Setrap), a rodovia irá dinamizar o trânsito na capital amapaense.
“Em somente cinco meses de governo, nós estamos mostrando para a população que com vontade as coisas podem ser executadas, é a capacidade de ação do governador Camilo Capiberibe. A rodovia vai desafogar o trânsito na zona Norte”, destacou Joel Banha.
Segundo o governador, a obra é muito importante para a capital amapaense. Camilo Capiberibe explicou, durante o seu pronunciamento, que está trabalhando para organizar o Estado em todas as frentes.
“Queríamos fazer mais do que somente iniciar a rodovia Norte/Sul aos cidadãos de Macapá, gostaríamos de discutir o eixo viário da capital amapaense, assim como estamos fazendo com o município de Santana, mas ainda não tivemos resposta para essa nossa sugestão. Não tem problema se não quiserem trabalhar conosco, no segundo semestre nós vamos asfaltar Macapá, independente dessas questões”, enfatizou o governador.
Descaso da gestão passada
O projeto da rodovia Norte/Sul está pronto há anos, mas por falta de vontade política, a licitação da obra nunca foi realizada. Após adequações no projeto original, a Setrap, em parceria com a Seinf, finalmente executam a obra.
“Essa iniciativa que tomamos em fazer a rodovia poderia ter sido tomada antes, e não foi. Mas, não interessa porque eles não o fizeram, o importante é que nós estamos fazendo”, afirmou o governador.
O reconhecimento do Judiciário
O juiz federal, João Bosco, elogiou a gestão do governador Camilo Capiberibe. Conforme o magistrado, a coerência e atitude do Executivo, que está trabalhando integrado com as demais instituições, firmando parcerias e respeitando as atribuições de cada um dos poderes, faz com que obras como a rodovia Norte/Sul se concretizem.
“Estamos vivendo uma nova dinâmica. Não tenho dúvida que o governador Camilo Capiberibe transformará o nosso Estado em um grande canteiro de obras, gerando empregos e desenvolvimento social. O Amapá terá dois momentos, antes dessa gestão e depois deste governo. Estamos virando a página da ineficiência”, disse o juiz federal.
Prestigiaram a solenidade, além do juiz federal João Bosco, a primeira-dama do Estado, Cláudia Capiberibe, o deputado estadual Aguinaldo Balieiro e parte do secretariado do governo estadual.
Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*