Grupo de Teatro amapaense faz intercâmbio cultural na Paraíba

A Cia. Teatro do Riso do Amapá fará, através do espetáculo ESPELHOS, intercâmbio cultural com um dos maiores grupos em referência teatral da Paraiba, a Cia. Oxênte de Atividades Culturais, com uma longa estrada de conquistas e reconhecimentos pelas grandes produções em 39 anos de experiências pelo país. No período de 5 a 11 de julho do corrente ano, na cidade de João Pessoa/PB, as duas Companhias se encontrarão para uma conexão de atividades culturais. Na programação a Cia. Oxênte apresentará o espetáculo solo MARIA’S, com dramaturgia e direção de Antonio Deol, tendo em cena a consagrada atriz Mônica Macedo; ensaio fechado da nova produção FORMIGAS BEBEM ABSINTO NO ARMAZÉM DO CAOS, uma obra que fala da dinâmica da vida social que pode ser vista através de elementos da teoria do caos, tendo como dramaturgo o renomado artista Everaldo Vasconcelos e como diretor o pernambucano de longa trajetória nas artes cênicas e reconhecido nacionalmente Jose Manoel Sobrinho. Ainda na programação teremos rodas de conversas e encontros de conexão cultural (Caçuá de Memórias). A Cia. Teatro do Riso do Amapá, apresentará o espetáculo ESPELHOS em duas sessões no Teatro universitário Lima Penante, participará de oficinas, rodas de conversas e intercâmbio de muitas trocas com a renomada Cia. Oxênte.

Segundo Genário Dunas, que assina a direção do espetáculo amapaense ESPELHOS, afirma que aportar em outras terras com o teatro amapaense é uma oportunidade ímpar de trocas e de conhecimentos culturais. Quem produz teatro, precisa pensar em ultrapassar fronteiras e conquistar novos territórios. Criar conexões, abraçar novas ideias e falar do teatro amapaense fora de nossa zona de conforto, é pensar em novas possibilidades de futuro. A Cia Oxênte da Paraiba tem uma longa trajetória em montagens com o universo feminino, a exemplo dos espetáculos: Jogo das Máscaras, Paió de Fogo, As Mulheres de Lourdes, Redemunho, Maria’s, Anáguas, Girandei, A noiva que botou o noivo na justiça, etc. Será um encontro de investimentos para o fazer teatral dos artistas amapaenses em trânsito.

O convite do intercambio deve-se a dramaturgia do espetáculo ESPELHOS, a mais nova produção da Cia. Teatro do Riso, que em suas encenações em solo amapaense, já conquistou o olhar mais atencioso do público, pela provocação da temática envolvendo as mulheres e seus legados. É um trabalho centrado nas interpretações das atrizes: Rechene Amim, Roberta Picanço, Tina Araújo e Solange Simit, que usando de fragmentos de suas trajetórias de vida e apropriando-se do biodrama, trazem para a cena histórias vividas de seus mundos. As atrizes/personagens relatam em narrativas suas memórias, convocando o público a refletir, compreender e trocar experiências, numa relação olho a olho. Através de seus conflitos, já superados, no jogo dos retrovisores da vida, principiando pela infância até os dias de hoje, os rastros (hoje dramaturgia) vão revelando-se nas questões afetivas, amorosas, familiares, de mulheres empoderadas dispostas a usar palavras e registros de suas histórias numa perspectiva de abraçar mais mulheres e ecoar mais os discursos.

FICHA TECNICA do espetáculo ESPELHOS

ELENCO: Rechene Amim, Roberta Picanço, Tina Araújo e Solange Simit.
Musica de acolhimento “TODA MULHER” – Composição de Genário
Execução de sonoplastia: Airton Silva
Figurinos e adereços: O Grupo
Fotografia: Luke Araújo
Design: Lucas Costa
Conscientização Corporal e Coreografia: Rafael Nunes
Captação de voz e estúdio: Aron Miranda
Musica Final: EU SOU DO NORTE – composição de Fineias Nelluty – interpretação de Brenda Melo.
Dramaturgia Coletiva: o grupo
Codireção: Paulo Alfaia
Estudo dramatúrgico e Direção Geral – Genário Dunas

Assessoria de comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.