H1N1: Secretaria de Saúde solicita novas doses de vacina e garante que nenhuma pessoa ficará sem se vacinar

20160408_164004

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) iniciou na sexta-feira, 8, mais uma campanha de vacinação contra a gripe. Com grande procura, em apenas quatro dias as doses destinadas ao público prioritário se esgotaram na rede de saúde municipal. A Coordenadoria Municipal de Imunização esclarece que as pessoas do grupo prioritário que por ventura não se imunizaram devem aguardar o Ministério da Saúde disponibilizar um novo lote para a capital.

O Município recebeu no dia 7 de abril 86.260 doses de vacina contra a Influenza para bebês a partir de seis meses, crianças menores de cinco anos, idosos a partir de 60 anos, grávidas, puérperas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, profissionais de saúde, trabalhadores do sistema prisional e população privada de liberdade. Desse total, 73.406 foram computadas no sistema do Ministério da Saúde como aplicadas, 5 mil reservadas para a segunda dose das crianças menores de cinco anos de idade e 4 mil destinadas para o sistema prisional adulto e adolescente. O restante, 3.854, foi distribuído para oito distritos do município, como Maruanum e Bailique.

“A procura pela vacina foi muito grande, e fez com que as doses disponibilizadas para Macapá se esgotassem rapidamente, ficando em nosso estoque somente as que serão utilizadas para a segunda dose dos menores de cinco anos e as da população privada de liberdade. Em quatro dias realizamos a vacinação de um público que em outras campanhas demoramos mais de um mês para atingir”, diz a coordenadora municipal de Imunização, Jorsete Cantuária.

Assim que comunicada do encerramento das vacinas, a Semsa solicitou à Coordenadoria Estadual de Imunização que encaminhe um novo pedido junto ao Ministério da Saúde para o município. “O público prioritário da campanha precisa saber que essa foi uma remessa especial devido à confirmação de um único caso de H1N1, e que, posteriormente, o Ministério da Saúde irá disponibilizar o restante do nosso quantitativo. Nenhuma pessoa do grupo prioritário da campanha ficará sem ser imunizada”, garante Jorsete.

Jamile Moreira/Asscom Semsa
Contato: 99135-6508

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *