‘Hip-Norte’ reúne batalhas de rap e break em evento cultural na periferia de Macapá

Por Carlos Alberto Jr.

Oficinas de break, apresentações de DJs, exposição de grafite e batalhas de rap estão entre as atividades que fazem parte da programação da 1ª edição do projeto “Hip-Norte”, que inicia nesta sexta-feira (29) e segue no sábado (30), em uma área de periferia no bairro Brasil Novo, Zona Norte de Macapá. O evento é uma realização dos grupos “Batalha da Bandeira” e “Batalha do Milharal”.

A programação está prevista para iniciar às 15h, nos dois dias, na Unidade de Policiamento Comunitário (UPC) do bairro. De acordo com a organização, o objetivo é propagar a cultura do hip-hop e despertar a consciência social dos moradores da área, que é uma das mais perigosas da cidade.

“A ação é voltada com o cunho social e cultural da realidade da juventude carente na região. Além disso, o evento é uma forma de expor as formas de expressões desses jovens, sejam pelas rimas, grafite ou pelo break”, ressalta Karinny Magalhães, uma das organizadores.

A programação inicia com som mecânico de DJs, vai para as exposições de grafite, ação social de corte de cabelo e brechós. Por volta das 18h, iniciam as batalhas de rap.

Evento acontece nos dias 29 e 30 de dezembro, na UPC do bairro Brasil Novo (Foto: Karinny Magalhães/Batalha da Bandeira)

“Organizamos eliminatórias e quem for se apresentar no evento serão os melhores nas categorias individual e em dupla”, explicou Karinny.

No dia 30 acontece uma roda de conversa sobre o projeto social “Batalha do Milharal” e do Circuito de Rimas Improvisadas, que busca dar espaço para a cultura do hip-hop no maior número de regiões da capital e de Santana.

“O Circuito Rimas é uma tentativa de integrar o maior número de grupos voltados para a cultura do hip-hop, e de forma organizada, realizar eventos em diversos pontos de Macapá e Santana. Na região Zul aconteceu o ‘Rei do Congós’, por exemplo, e agora acontece o ‘Hip-Norte’. Essas são ações que descentralizam os grandes eventos e vão para onde realmente estão esses atores”, finaliza Karinny.

O evento encerra com uma oficina de break e com as finais das batalhas para definir quem são os “Reis da Zona Norte”. Toda a programação, incluindo a ação de corte de cabelo, é gratuita.

Fonte: G1 Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *