História, Cultura e Tradição: MP-AP participa da celebração do Dia da África, na Assembleia Legislativa do Amapá

O subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Administrativos e Institucionais do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Nicolau Crispino, representando a procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Franco Cei, participou, nesta quarta-feira (24), na Assembleia Legislativa do Amapá (ALAP), da Sessão Solene ao Dia da África. celebrado no dia 25 de maio. O evento, que contou com a presença do embaixador da Costa do Marfim no Brasil, Diamouténé Alassane Zié, que cumpre agenda no Estado para estabelecer relações institucionais, visou o fortalecimento das tradições afrodescendentes e a influência histórica do continente na cultura do Amapá.

O evento foi realizado pela Academia amapaense de Batuque e Marabaixo, com o apoio da Comissão de Relações Exteriores e Defesa do Estado da ALAP, presidida pela deputada estadual Cristina Almeida. Também presente pelo MP-AP, a promotora de Justiça Gláucia Porpino.

Sobre a data

O vinte e cinco de maio foi instituído oficialmente pela Organização das Nações Unidas – ONU, em alusão à fundação da Organização de Unidades Africanas (OUA), na Etiópia, no ano de 1963. O Dia da África, data em que são realizadas celebrações em diversas outras nações do continente e da diáspora, tem um profundo significado para a memória coletiva dos povos do continente e demonstração de objetivo coletivo, de unidade e solidariedade dos africanos na luta pelo desenvolvimento econômico do continente. Inclusive é feriado público em países africanos como Gana, Mali, Namíbia, Zâmbia e Zimbábue.

O Dia da África encerra a Semana da África, iniciada no último dia 19 de abril. A programação é fruto do pelo Projeto de Lei 0072/22 de autoria da deputada estadual Cristina Almeida e sancionado pelo governador Waldez Góes no dia 07 de abril de 2022, O objetivo é incentivar e preservar o interesse pela cultura afro, ancestralidade e os pioneiros dessa tradição, tomou a iniciativa de propor o Projeto de Lei criando a Semana da África no Amapá.

Pronunciamento do subprocurador-geral

O subprocurador-geral de Justiça do MP-AP saudou as autoridades, deu boas vindas ao embaixador e ressaltou a importância do resgate histórico e valorização da cultura afro descendente Amapá, durante o período de escravização, que ocorreu no Brasil. Nicolau Crispino reforçou, que o Ministério Público segue firme na sua missão institucional da defesa de direitos da sociedade e incentivou a denúncia de crimes como preconceito racial ou religioso.

“Estou feliz por participar do Dia da África e pelo reconhecimento da Semana da África pelo Estado do Amapá. Em nome da nossa PGJ, Dra. Ivana Cei, enfatizo que o MP-AP está sempre no combate à discriminação racial e crimes de preconceito por conta da cor da pele ou orientação religiosa. Não toleramos e encorajemos a denúncia desses ilícitos. Parabéns pela iniciativa de reforçar nossa cultura e tradição, que possui tanta influência africana”, frisou Nicolau Crispino.

Durante a solenidade, foram feitas homenagens à personalidades que contribuíram na construção da cultura amapaense. O evento contou com manifestações religiosas de matriz africana e apresentação de grupos de Marabaixo.

Participaram autoridades de todas as esferas de poder do Estado, líderes religiosos, autoridades estaduais e municipais, movimentos culturais, estudantes, imprensa e sociedade civil.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Núcleo de Imprensa
Gilvana Santos – Coordenação
Texto: Elton Tavares
Colaboraram os fotógrafos: Kitt Nascimento e Gerson Barbosa (ALAP)
E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.