Hoje é o Dia da Empregada Doméstica


Hoje (27), é comemorado o Dia da Empregada Doméstica, uma secretária que presta serviço no âmbito residencial. Nesta mesma data é celebrado todas as ramificações e ofícios similares como governanta, mordomo, caseiro, etc.. A data é uma homenagem à padroeira das domésticas, Santa Zita, que nasceu em 1218, na cidade de Lucca (ITA), trabalhou como empregada para uma família de nobres e foi canonizada em 1696. 

Em minha casa, tivemos uma série de empregadas, mulheres de todas as cores e jeitos, umas não muito legais e outras marcantes como a Noca, que foi minha bábá, a Josi, que aguentou muitas travessuras minhas e do meu irmão Emerson, a Nete, com seu tempero sensacional, a querida Selma e a Andreia, que está conosco há alguns meses.

É importante reconhecer essa profissional que, em muitos lares, é injustiçada das formas mais covardes imagináveis. Muitas patroas abusam das profissionais, pois acham que as domésticas são máquinas, como a Rosie, empregada robô do desenho animado “Os Jetsons”, exibido nos anos 80. Uma tremenda idiotice (que ilustre esta publicação).

Também conheço vários casos de pessoas que praticamente se integraram à família para qual trabalham, é o caso da querida Sila, que mora há 35 anos com a minha tia Sanzinha, a Oscarina, com mais de uma década trampando na casa do meu tio Paulo e a Vilma, secretária da minha avó Peró, pessoas 100% confiáveis.

A estas guerreiras, que vencem uma porrada de adversidades e ainda conseguem auxiliar nossas famílias, a minha singela homenagem. É isso!

Elton Tavares
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*