Hoje: Espaço Caos, Arte e Cultura promove Mostra Desgosto

Anos 70, Nova York. Um fenômeno cinematográfico e de contracultura surgia nas salas de cinema mais segregadas e marginais da cidade. Filmes que não se encaixavam no circuito comercial encontraram público fiel em pessoas que não se encaixavam nos padrões de comportamento de uma comunidade pouco tolerante às diferenças: os Midnight Movies. 

Apesar do termo midnight movie ser utilizado para designar diversos tipos de filme, como produções dos anos 50 que iam ao ar na televisão norte-americana a partir da meia-noite e que apresentavam qualidade questionável e temática inadequada para o padrão social da época, é a partir dos anos 70 que o rótulo esteve associado a películas alternativas que não conseguiam entrar no circuito normal dos cinemas e eram exibidos na sessão da meia-noite, mais notoriamente em salas de Nova York. E é ai que a história ganha mais interessância.

Filmes como El Topo (Jodorowsky), Pink Flamingos (John Waters), Eraserhead (David Lynch) e o brasileiro Macunaíma (Joaquim Pedro de Andrade), circularam pelas telas apresentando diversos elementos trash, exploitation e camp, sintetizando tudo o que o espectador- médio de cinema não queria ou fingia não querer ver. 

Sendo assim, nada mais justo que ver tamanhas agruras do underground em agosto, o mês do desgosto, do cachorro louco. Dia 02, o Clube de Cinema exibi A Noite dos Mortos Vivos, de George A. Romero, obra considerada pioneira no subgênero do zumbi moderno, que por meio de suas alegorias explora aspectos políticos e sociais da época de seu lançamento, em 1968. Um filme que continua atual e inspirador. 

Confira a programação:

Mostra Desgosto
02/08: A noite dos mortos vivos
16/08: Freaks
30/08: The Rocky horror picture show 
Onde: Espaço Caos – Arte e Cultura, localizado na Avenida Procópio Rola, 1572 – Centro, 68900505 Macapá. 
Horário: 19h
Entrada franca
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*