Hoje: Lia Sophia faz show “Eu Me Chamo Amazônia” na Trina Cervejaria

A cantora Lia Sophia é a atração deste sábado, 26, na Trina Cervejaria Artesanal, com um show de carimbó, banguê, marabaixo, zouk e guitarrada. “Eu me Chamo Amazônia” é um retrato de sua trajetória musical, marcada pela valorização dos sons do Brasil. Conhecida pelo talento versátil, com repertório que vai do brega ao pop rock, ela retorna ao Amapá acompanhada pelos músicos Rogerinho Souza, no contrabaixo, Paulinho Miúdo na guitarra, e Paulinho na bateria. O show inicia às 22h e terá a participação especial da cantora Ingrid Sato.

Compositora, cantora e instrumentista, Lia Sophia lançou seu 5º disco, “Não me Provoca”, em novembro último, uma delicada obra que fala de mulheres, amor, liberdade e prazer. Seu sucesso “Ai, Menina”, um carimbó que fez parte da trilha sonora de uma novela, selou de vez a artista no cenário musical brasileiro, e o jornalista e escritor Nelson Mota, dedicou a ela elogios, prevendo o sucesso de Lia, que passou a ser referência do Norte em programas de TV, jornais, sites e rádios em nível nacional.

Zeca Baleiro, Ney Matogrosso, Fafá de Belém, Jota Quest, Pinduca e Gaby Amarantos se renderam à Lia Sophia, que ganhou o prêmio da Global Music Awards, como Artista Emergente, e atravessou as fronteiras nacionais com seu swing, chegando à para Paramaribo, Nova York e Londres. Movida por emoções, seu primeiro disco, “Amor, Amor”, é uma viagem ao passado, e os bregas românticos ganharam modernas versões que conquistaram o país.

Da origem, Guiana Francesa, Lia Sophia canta e toca o zouk, de Macapá, onde viveu a infância e adolescência, leva para os palcos os sons dos tambores de marabaixo e batuque, e da vivência no Pará, o brega, carimbó e as batidas eletrônicas das aparelhagens. Esta mistura de ritmos que contagia o público é o tom de “Eu Me Chamo Amazônia”, e Lia Sophia, acompanhada de sua banda, prometem um verdadeiro espetáculo musical para fechar mês de maio.

Serviços:

Show “Eu Me Chamo Amazônia”, com Lia Sophia
Local: Trina Cervejaria Artesanal – Jovino Dinoá esquina com Tupis, no Beirol
Data: 26 de maio
Hora: 22h
Mesa: R$ 200,00 (Pode ser comprada compartilhada)
Individual: R$ 50,00

Mariléia Maciel
Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *