Homenagem a Macapá – Por @BernadethFarias

SãoJosé

Por Benadeth Farias

Índios, brancos, negros, mamelucos, mulatos, cafuzos. Uma rica mistura de origens, um povo que se aperfeiçoa a cada geração. Gente morena que traz na alma fé e graça. Força talhada na miscigenação. Povo hospitaleiro com sangue guerreiro. Terra tucuju, beleza de norte a sul.

Macapá das bacabas, do açaí, e até da sucuri. Terra do peixe farto, que traz no prato o gosto do pirarucu saboreado com um suco de cupuaçu. Gastronomia regional que já atravessou outro canal. Do açaí ao peixe e camarão, uma delicia saboreada com um bom pirão.

10477421_776613925694154_8676649923332490034_o

Na feira do tradicional mercado central, o corre corre em direção ao canal. Na procura por uma refeição, quem não tomou aquela garapa com pastelão? Mas no momento atual, o churrasquinho de gato virou prato principal e custa apenas “uns” real.

Macapá do majestoso rio amazonas, ora calmo, rasante, lançante, imponente feito gente. Protegido por São José nos quer sempre perto, de braço aberto. Na orla da capital, um cenário tropical, a música regional embala o casal.

10378198_775271035828443_1020632402930808740_n

Cidade do Marco Zero, dois hemisférios, um verdadeiro mistério. No Estádio Zerão muita emoção. É a bola no pé de quem tem sempre fé. E na Catedral de São José muita oração. Fiéis em ação para pedir proteção.

No corredor da folia, muita energia, gincado e alegria. Com o samba no pé, e no coração haja emoção. Terra de batuque e marabaixo. Do grupo pilão que canta com empolgação. Do Zé que vai para o mato apanhar açaí, sem esquecer o tucupi.

Macapá do Negro Sacaca, das grandes áreas de ressaca. Das plantas medicinais milagrosas usadas por mulheres fogosas. Do Curiaú de fora e de dentro que se tornou um alento. Macapá da Fazendinha, das brincadeiras de cirandinha. Cidade de encantos e cantos.

1459666_878513942172370_5244733877850657008_n

Poesia, simpatia, alegria, não faltam a Macapá. Inspiração tem até para sobrar. Falo da cidade que surgiu a partir de um destacamento militar. Proteger a fronteira do Brasil foi um grande desafio, mas estou aqui para relembrar que o governador do Grão Pará fundou Macapá.

Cidade que oferece amor, trabalho e dedicação aos filhos de nascimento e aqueles de coração. Macapá é um refugio de sonhos e concretização de realidades. Beleza natural, diversidade cultural. Povo caloroso e guerreiro, com o coração cheio de amor para dar, alegria de viver, tristeza nem pensar, assim é Macapá.

1518554_852004074821805_3486749285890907570_o

Desenvolvimento, turismo e beleza…Combinação perfeita e que com certeza atrai quem procura a natureza…Pontos inexplorados…Cenários que mexem com a imaginação e são inspiração…

E com ousadia arrisquei fazer essa rima em forma de poesia que me deu muita alegria…Macapá é simplesmente o lugar onde quero sempre morar…

*Bernadeth Farias é jornalista com 23 anos de experiência no Amapá. Há anos atua de forma brilhante na chefia da Comunicação Institucional do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), além de querida amiga minha.  

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*