Hospital de Emergências ganha enfermaria toda equipada com doações de empresários e deputados

_DSC6965

Como parte da ação denominada “90 dias pelo HE”, idealizada pelo deputado Jaci Amanajás, e que envolve as Comissões de Saúde e Direitos Humanos além da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o Hospital de Emergências ganhou mais uma enfermaria esta semana.

A enfermaria vai abrigar até 15 pacientes, acomodados em leitos de soroterapia e camas. O espaço foi todo climatizado e pintado. O banheiro foi reformado e retiradas as infiltrações que, no passado, fizeram o local ser conhecido como “piscinão”.

Ao todo foram investidos na enfermaria cerca de R$ 50 mil. Parte do recurso foi doação de empresas e o restante dos próprios deputados.

A ação “90 dias pelo HE” se propôs a dar uma nova cara ao hospital. A primeira visita da ação ocorreu no dia 7 de abril, quando foram apontados avanços na gestão do HE e diagnosticados gargalos a serem resolvidos a curto e médio prazo. Na ocasião da primeira visita, os deputados apontaram a necessidade de a Secretaria de Comunicação do governo (Secom) agir de maneira mais próxima da população, apontando os serviços disponíveis e realizando campanhas para evitar que cidadãos que podem ser atendidos nas unidades básicas de saúde recorram ao HE. O pedido foi atendido e a Secom disponibilizou um assessor de comunicação que fica exclusivamente na unidade.

Durante os 90 dias da ação, os deputados pretendem incentivar empresas de reconhecida responsabilidade social a investirem em equipamentos e insumos. Mesmo reconhecendo que essa responsabilidade é unicamente do poder público, as parcerias público-privadas possibilitam a resolução imediata de problemas que demandariam semanas pela via normal da burocracia.

Foi o caso da doação de 15 cadeiras-leito para soroterapia, entregues três dias depois do início da campanha, após um empresário ler no jornal sobre a ação conjunta da Sesa e Alap em favor do HE. Foi um investimento de quase 22 mil reais que vai possibilitar que pacientes que precisem de atendimento de no máximo 12 horas, tenham a devida acomodação. O empresário preferiu não se identificar, de acordo com a direção do hospital.
_DSC6974
O HE também recebeu uma nova máquina de hemodiálise para atender os pacientes da ala semi-intensiva. A UTI do HE já conta com esse equipamento, mas ele não atendia toda a demanda da unidade hospitalar. Foram ainda doadas três centrais de ar para climatizar enfermarias.

Para o deputado Jaci Amanajás, presidente da Comissão de Saúde, os avanços obtidos em apenas um mês de ação demonstram que quando parlamento e poder público se unem num mesmo propósito, os resultados acontecem.

Outra conquista foi a proposta, abraçada pelo Ministério Público, de direcionar os Termos de Ajustes de Condutas (TAC) assinados entre o MPE e empresas privadas, para aquisição de equipamentos e insumos para o HE.

Além disso, os deputados trabalham na elaboração de uma lei, destinando parte do IPVA arrecadado para investimentos na área da saúde. A verba será carimbada com este fim, sem possibilidade de remanejamento. Somente em 2015, o HE atendeu mais de 3600 acidentes de trânsito. A maioria das vitimas era de motociclistas.

Assessoria de Comunicação da Assembleia Legislativa do Amapá
Frente Parlamentar pela Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *