I Seminário do Observatório das Fronteiras e Platô das Guianas (OBFRON)


Durante três dias no período de 27 a 29 de novembro acontece o I Seminário Observatório das Fronteiras e Platô das Guianas (OBFRON) no Centro Cultural Franco-Amapaense e Universidade Federal do Amapá, tendo como foco de debate “Temas e ações para políticas públicas transfronteiriças”. O evento contará com a participação da embaixadora Ana Beltrame e de pesquisadores da França. Durante todo o seminário acontecerão mesas temáticas, lançamento de livros e workshops. Inscrições no site: http://www.seminarioobfron.org/

O Observatório das Fronteiras do Platô das Guianas (OBFRON) visa a promoção, de forma inédita, de um espaço de discussão exclusivamente voltado ao Platô das Guianas desde uma perspectiva interdisciplinar, considerando a presença de professores de vários cursos da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) e de outras instituições de pesquisa, ensino e extensão do Amapá, da Amazônia e do Brasil – e mais importante, do mundo. Neste sentido, é pensada a necessidade contemporânea de formação de lógicas associativas entre tais ‘nós-de-rede’ no ambiente acadêmico, que venham a cooperar e constituir uma ampla malha de atividades nos três eixos estruturantes: extensão, ensino e pesquisa. Com igual importância, convidados estrangeiros também irão compor o nosso espaço de debates neste Seminário, incluindo-se aí instituições, associações e outras instâncias. Trata-se de uma proposta visando dar maior coerência e densidade aos esforços já existentes no interior do OBFRON e da própria UNIFAP quanto aos estudos sobre os temas correlatos e sobre o Platô das Guianas em geral.

Desde a criação do OBFRON, em 2011, já produziram-se artigos, ensaios, resenhas, publicações impressas e digitais, e em livro, grande parte das quais voltadas para a compreensão das transformações em curso no Platô das Guianas hoje.  A profundidade de tais análises, sua seriedade acadêmica e sua paixão pelo tema nos valeram um forte reconhecimento institucional. Assim, os mais variados órgãos públicos – do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS, França) ao Ministério da Educação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (MEC/CAPES/CNPq), passando pela Fundação Tumucumaque e pela Secretaria de Ciência e Tecnologia do Governo do estado do Amapá (SETEC/AP) – têm convocado o pessoal de pesquisa, ensino e extensão do OBFRON para participar, assessorar e analisar dos diagnósticos sobre suas áreas de ação.

Na dimensão aplicada de seus esforços, o Observatório vem alcançando seu espaço por meio de seus trabalhos e este seminário foi criado justamente como meio de lançamento para oportunizar a ampliação da abrangência deste, oportunizando e fomentando o debate. Hoje o OBFRON já interage e se propõe como centro de referência sobre as transformações gerais no Platô das Guianas. Instituições públicas do Estado brasileiro, empresas em face de internacionalização e o público comum poderão encontrar no OBFRON conhecimento e informações relevantes, bem como análises profundas e específicas. O presente projeto visa exatamente aprofundar e dar amplitude incentivadora, bem como estimular tais processos tecno-científicos ora em curso no estado do Amapá, no Platô das Guianas e na Amazônia, bem como no Brasil e no mundo, a partir da sua contribuição ora explanada.  

O propósito do I Seminário do Observatório das Fronteiras do Platô das Guianas é estabelecer o Observatório de forma reconhecida no meio acadêmico local, regional, nacional e internacional, contribuindo para a disseminação, a publicização e o adensamento dos debates sobre o Platô das Guianas, nossa referencia sub-regional impreterível; aprimorar o networking entre os colaboradores, docentes, discentes e comunidade científica, bem como leigos interessados, além do difundir e obter de conhecimentos específicos para a produção de uma expertise sobre o Platô das Guianas em corte interdisciplinar.

Assessoria de Imprensa-9161-4969 (Célia Souza)
Célia Souza- (96) 9161-4969
Jornalista DRT/250-AP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *