Ifap implementa sistema de gerenciamento acadêmico

4871edc72c8925d024a55a86241dbd48_L
Alunos do Instituto Federal do Amapá (Ifap) reivindicavam há cerca de 3 anos que o processo de rematrícula na instituição pudesse ser feito pela internet. Na última semana foi implantado o sistema acadêmico que contempla os discentes dos Campi Macapá, Santana, Porto Grande e Laranjal do Jari. A rematrícula para o período letivo 2016/1 poderá ser feito até o próximo dia 15 de janeiro. O link de acesso ao sistema pode ser acessado no site da instituição.

É um sistema de gerenciamento acadêmico, não facilita somente a rematrícula, ele possui informações sobre toda a vida acadêmica do aluno, são oferecidas ferramentas para consulta de nota, frequência, materiais disponibilizados pelos professores, calendário acadêmico e a própria rematrícula. É uma espécie de secretaria virtual.

Jorge Henriques, diretor geral do campus Macapá conta que os alunos estavam ansiosos com a implantação do sistema que foi concluído no fim do ano passado, pois lhes proporcionará mais comodidade e facilidade em consultar sua situação acadêmica. “O sistema é unificado, e funcionará como gerenciamento acadêmico. por tanto é valido a todos os campi. A maior facilidade será para quem mora distante do campus em que estuda e para quem viaja em períodos de férias. O procedimento para a renovação da matrícula é bem simples. Os estudantes devem acessar o site da instituição preferencialmente usando o navegador Google Chrome, clicar no link do Sistema Acadêmico e efetuar o login utilizando o número de seu CPF sem pontos. A senha é padrão (ifap2015)” esclareceu.

O diretor destaca ainda que esse procedimento é destinado apenas para rematrícula. Os estudantes que estão ingressando na instituição este ano devem efetuar sua matrícula presencialmente no campus para o qual prestou processo seletivo. A mesma orientação é válida para os alunos que, por algum motivo, não conseguirem realizar sua rematrícula on-line. “O aluno que passou no processo seletivo do ano passado e que ingressa agora no início de 2016 terá de fazer sua matrícula presencialmente, porque há muitos casos em que o aluno ainda é menor de idade, então é necessários a assinatura dos pais, checagem da autenticidade da documentação, é o primeiro contato dele com a instituição, então tende a ser presencial, com mais rigor por conta dos fatores já citados”.

Henriques enfatiza que o sistema foi todo desenvolvido pelo corpo técnico em TI do Ifap, e conta que o resultado tem sido positivo, apesar de todo o trabalho e dificuldades para que o sistema atendesse à todas as unidades, principalmente o campus Laranjal do Jari, município em que a conexão com internet é precária.

Fonte: Jornal do Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *