II Festival Estudantil Cantando Marabaixo será neste sábado, Dia Estadual do Marabaixo

Alunos de nove escolas do Amapá participam do II Festival Estudantil Cantando Marabaixo, que acontece neste sábado, 16, na quadra da Escola Jesus de Nazaré. O projeto Cantando Marabaixo nas Escolas é de inciativa do Movimento Nação Marabaixeira, que está incentivando jovens e adolescentes a produzirem músicas da cultura tradicional do Amapá, passando assim a conhecer e valorizar o legado deixando pelos antepassados. A data foi escolhida para o festival é o Dia Estadual do Marabaixo.

Os cerca de 60 estudantes vêm das escolas Augusto dos Anjos, Sebastiana Lenir, Edgar Lino, Jesus de Nazaré, IFAP, Risalva do Amaral, Aracy Mont’Alverne, José Bonifácio e Maria Cristina, de Porto Grande. Eles já passaram pelas duas etapas do projeto, de produção das letras e melodia, e gravação do CD, e agora aguardam o Festival, onde serão avaliados por uma banca de jurados que irão julgar os quesitos letra, melodia, interpretação, arranjo e originalidade.

A etapa de produção das músicas pelos alunos iniciou dentro das escolas, incentivados por professores e integrantes do Movimento. Chamadas de “ladrões”, as letras trouxeram de volta o modo de contar histórias dos antigos moradores afrodescendentes de Macapá, que relatavam o cotidiano nas canções, acompanhadas por caixas, tocadas nas rodas de marabaixo. Os versos eram cantados pelo “cantador”, e interrompido por outros, que “roubavam” a vez e cantavam seus versos, em uma disputa musical que faz parte da cultura do marabaixo do Amapá.

“O processo de produção dos ladrões e aprendizado do toque das caixas aconteceram nas salas de aula, e os alunos que já vivenciam a tradição do marabaixo foram muito importantes, porque já têm facilidade na arte, e acabaram chamando atenção de outros colegas que criam interesse. Fazer com que os alunos participem da produção como antigamente é importante para resgatar a história e os costumes”, explicou Carlos Piru, coordenador do projeto.

A data escolhida marca o Dia Estadual do Marabaixo, instituída oficialmente em 2010, com base em fato de 2008, quando, no dia 16 de junho marabaixeiros e membros de famílias tradicionais fizeram manifestações pedindo respeito. Os fatos desrespeitosos ocorreram por parte do Governo do Estado, ao não repassar recursos suficientes para o Ciclo do Marabaixo; da igreja católica, que não permitir a entrada dos símbolos tradicionais do marabaixo na igreja São Benedito; e de um membro do Poder Judiciário, que acionou a polícia para acabar com a tradição do ciclo.

Serviço:

II Festival Estudantil Cantando Marabaixo
Data: sábado, 16 de junho.
Local: quadra da Escola Jesus de Nazaré
Hora: 19h

Mariléia Maciel
Assessoria de Comunicação
Fotos: GEA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *