Ivana Cei acompanha solenidades de posse e entrada em exercício dos procuradores-gerais de Justiça do Distrito Federal e de Minas Gerais, biênio 2021/2022

Nesta sexta-feira (11), a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, ao lado da ex-PGJ da Bahia, Ediene Lousado, indicada para ocupar vaga no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), acompanhou virtualmente a solenidade de posse da promotora de Justiça Fabiana Costa, reconduzida no cargo da procuradora-geral de Justiça do Distrito Federal. O evento foi conduzido pelo procurador-geral da República, Antônio Aras, e transmitido pela internet.

Fabiana Costa foi a mais votada da lista tríplice do MPDFT, obtendo 247 votos em eleição interna realizada em 22 de outubro deste ano. A PGJ do DF foi reconduzida ao cargo, para o biênio 2020-2022, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. O decreto com o ato do Poder Executivo foi publicado na edição do Diário Oficial da União (DOU) de 16 de novembro.

“O meu desejo é que estivéssemos todos juntos, libertos dessa pandemia, que nos furta da presença de pessoas queridas, mas ainda não é possível, por isso, tivemos que adaptar e abreviar ao máximo o tempo dessa cerimônia, respeitando as normas necessárias e medidas preventivas ao coronavírus. Esse evento me enche de alegria ao ser reconduzida para esse segundo mandato à frente desta instituição, a qual tenho me dedicado há mais de 20 anos. Ocasião em que abracei a vocação de servir à Justiça, zelar pela Constituição e pela defesa da sociedade”, manifestou Fabiana.

O presidente do Colégio Nacional dos Procuradores-Gerais de Justiça (CNPG), Fabiano Dellazen, bem como outros membros do CNMP e CNPG também estavam acompanhando.

Na sequência, a procuradora Ivana Cei, também participou virtualmente da solenidade para entrada em exercício, perante o Colégio de Procuradores da instituição, do procurador-geral de Justiça de Minas Gerais (MPMG), Jarbas Soares Júnior, empossado para biênio 2021-2022, em cerimônia realizada no dia 1º deste mês, na Cidade Administrativa, perante o governador de MG, Romeu Zema. Jarbas ocupará o cargo de chefia do MPMG pela terceira vez, sucedendo Antônio Sérgio Tonet.

Jarbas Soares foi o primeiro colocado da lista tríplice formada em eleição realizada no dia 9 de novembro, na qual votaram procuradores e promotores de Justiça, e encaminhada ao governador. Segundo Jarbas, a escolha de Zema foi um exemplo de respeito à votação da classe.

“Fico imensamente feliz em poder acompanhar a recondução da PGJ Fabiana, sinal de reconhecimento do grande trabalho que ela vem realizando do MP do DF, assim como, a entrada em exercício das atividades do PGJ Jarbas, que com a sua experiência de terceiro mandato, certamente vai contribuir imensamente nas atividades do Ministério Público mineiro e nas lutas que travamos em todo o país em defesa da sociedade”, manifestou a PGJ, Ivana Cei.

Serviço:

*Com informações das assessorias de comunicação dos MPs do DF e MG
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Elton Tavares
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *