Jazz e jornalismo

“Você tem que respeitar o seu público, e você é grato para o seu público, mas você tem que jogar os seus próprios sentimentos e sua própria verdade. Jogar para si mesmo, porque isso é basicamente o que o público quer ouvir. Eles querem ouvir o que você está sentindo, essa é a música. Isso é jazz.

É o Sonny Rollins falando sobre música, mas resume perfeitamente o que eu penso sobre jornalismo.

* Theodore Walter “Sonny” Rollins é um sax-tenorista americano. O músico tem uma longa e produtiva carreira no jazz. É um dos monstros sagrados do estilo musical. Aos 88 anos, ainda grava e excursiona, tendo uma vida e uma carreira muito mais duradouras que muitos dos seus contemporâneos no jazz, como John Coltrane, Miles Davis e Art Blakey, músicos com quem gravou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *