Joca Monteiro – O Contador de Histórias, no Teatro das Bacabeiras

11188342_479623688852113_2519625270104722110_n

Atenção, Macapá! Chegou o dia do encantamento com Joca Monteiro – O Contador de Histórias. Na próxima terça-feira (28) quem quiser ouvir uma história bem contada vai ao Teatro das Bacabeiras, aonde Joca compartilhará as histórias coletadas durante suas andanças pelo interior do estado do Amapá em busca da valorização da memória local.

Dentre as histórias contadas estão:
__________________________________________
“AS FILHAS DA MATINTA” – narra as aventuras da índia Matiá, detentora de super poderes, que surgiu durante uma guerra entre duas tribos, Galibi-Marworno e Palikur, em Oiapoque, na região Norte do Amapá. Hoje, a índia é Matinta Pereira, personagem folclórico de uma lenda conhecida da região amazônica, misturando suspense e mistério.
__________________________________________
“O PRETINHO DA BEIRA DO RIO” – coletada no município de Tartarugalzinho, a partir das memórias do Sr. Dionísio, um dos moradores mais antigos da cidade. O “pretinho” é o guardião de todo o tesouro escondido às margens do rio Tartarugalzinho, que mora nas águas profundas, podendo castigar os gananciosos e premiar os bem feitores. Joca jura que conheceu o pretinho na mesma noite em que ouviu a história.
___________________________________________
“BARÃO, BARÃO DO DOBRÃO DE OURO” – essa é para quem tem nervos de aço! Uma das histórias mais assustadoras da família Monteiro. O Barão é um fantasma que aparece a cada nova geração trazendo consigo um baú de ouro e uma maldição aos gananciosos de plantão.

Ingresso:
R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)
Obs.: Estudantes, melhor idade, professores e crianças pagam meia entrada.
Os ingressos poderão ser comprados antecipadamente na Livraria Didática (Avenida Presidente Vargas, 772 – Centro) ou na hora na bilheteria do Teatro.

Contatos:
(96) 99188-8541 (Vivo/watsap)
(96) 98116-7007 (Tim/Watsap)

Ficha Técnica:
Produção – Grupo Eureca
Contação – Joca Monteiro
Direção de Arte (Cenário, figurino e fotografia) – Paulo Rocha
Iluminação – Sandro Brito
Assistência – Salete Rodrigues da Silva e Seu Chuchu (Backderrola).
Apoio – Livraria Didática, Captta e Teatro das Bacabeiras.

Fonte: Blog do Calandrini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *