Jornalismo e Território – edição Justiça Climática aporta no Amapá e no Pará

Depois de passar pelo Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima, Jornalismo e Território, o curso virtual da Énois, chega em terras amapaenses e paraenses para continuar com a missão de fortalecer a produção de jornalistas e comunicadores locais.

Nesta edição, o curso é voltado a discutir e aprofundar o olhar para a cobertura da crise climática na Amazônia e no Centro-Oeste, sempre com a premissa da interseccionalidade. Como estão sendo afetadas as comunidades que mais sentem os impactos das mudanças no clima? Que estratégias têm criado para enfrentar ou tentar mitigar os problemas surgidos?

Durante os encontros – que acontecem online pelo aplicativo Zoom – as pessoas participantes refletirão sobre o tema da justiça climática a partir da exposição de Rodrigo Jesus, porta-voz da campanha pelo clima do Greenpeace Brasil. Também aprenderão com Sanara Santos, agente de formação da Énois, como produzir e distribuir uma pauta a partir do exercício do mapa afetivo. Além disso, vão ter a oportunidade de aprender com Alice de Souza, jornalista e editora-geral da Énois, sobre como produzir colaborativamente com jornalistas de outros territórios. Com Simone Cunha, diretora de sustentabilidade da Énois, refletirão sobre caminhos possíveis de continuar a produção jornalística, se pagando. Com Camila Simões, editora-mentora do programa, vão poder desenvolver pautas em grupo que serão publicadas até o final do curso.

Para isso, cada participante recebe uma bolsa de R$ 500, desde que atenda a pelo menos 70% dos encontros. Os encontros serão gravados e compartilhados, e podem ser revistos sempre que necessário – sem prazo de validade de acesso. Ao final do curso, também é feita a emissão de certificado de participação.

Demais, né? Pois é, tem até quem diga que o curso é um “divisor de águas”, como o Ronicleiton Paixão, estudante de jornalismo da Universidade Federal do Acre (UFAC) e participante do Ciclo 2 do curso. Ele e as demais participantes hoje fazem parte da rede Énois, ou seja, continuam no nosso barco para terem acesso a oportunidades de trabalho, cursos e bolsas, no intuito do contínuo fortalecimento de jornalistas locais.

SERVIÇO:

Jornalismo e Território – Edição Justiça Climática
Ciclo 3: Amapá e Pará
Inscrições* de 04/07 a 22/07 pelo link bit.ly/inscricoesjtnorte
Encontros online de 04/08 a 08/09
Limite de 25 vagas, a serem selecionadas pela equipe do programa
Contatos: Jessica Mota – [email protected] – 11 986755557

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.