Jornalista amapaense é selecionado no Projeto Rumos Itaú Cultural 2016. Parabéns, @GabrielPPenha !

10431521_903238909738168_4261055735742368827_n
Gabriel Penha

O projeto “Povo de Cultura e Fé”, do jornalista e produtor cultural amapaense Gabriel Penha (foto), referente às várias manifestações religiosas representadas pelo povo mazaganense, foi contemplado no “Rumos Itaú Cultural – Edição 2015-2016”, conquistando o 87° lugar na lista nacional de 118 trabalhos autorais selecionados. O feito alcançado este ano por Penha, novamente coloca o Amapá no cenário brasileiro das grandes produções audiovisuais após dez anos de ausência do Estado em projetos de grande expressão. O anúncio dos vencedores foi feito na manhã de hoje, durante coletiva à Imprensa, concedida pelos coordenadores do “Rumos”.13102904_1105833442812046_2534562456830536818_n

Conforme o jornalista, a coleta do material para elaboração do “Povo de Cultura e Fé” começou em 2006, durante as escavações arqueológicas em Mazagão Velho, coordenadas pelo professor Marcos Albuquerque, então titular do Laboratório de Arqueologia da Universidade Federal de Pernambuco. Na ocasião, os pesquisadores anunciaram as descobertas dos escombros de uma igreja do Século XVIII e de 52 ossadas que, de acordo com Albuquerque, seriam dos primeiros colonizadores de Mazagão Velho, provenientes de Marrocos.

A montagem do acervo, prossegue Penha, inspirou inicialmente a formatação de um livro revista reunindo, em 80 páginas, vasto material fotográfico sobre as festas religiosas, tradicionais e culturais de Mazagão Velho.

Em 2012, o jornalista fez o lançamento da primeira edição da obra, em formato PDF, alcançando gr13151962_1105833239478733_8993241071021226414_nande repercussão dentro e fora do Amapá.

A ideia de participação no “Projeto Rumos Itaú Cultural – Edição 2015-2016” passou a ser materializada há dois anos, no momento em que Gabriel Penha percebeu a necessidade de compartilhar as belezas dessas manifestações religiosas populares com os demais municípios do Estado, em especial, dividindo esse conhecimento com os jovens estudantes, estimulando o interesse deles pela cultura e religiosidade amapaenses.

13151788_1105833236145400_3672959809218117017_nCom base em três eixos (publicação e divulgação do livro revista, palestras em escolas, e exposições fotográficas itinerantes em centros culturais e demais espaços públicos), o Projeto “Povo de Cultura e Fé” reconduz o Amapá ao seleto grupo dos principais geradores de cultura popular do Brasil. Para o jornalista, trata-se de uma grande realização pessoal: “Primeiramente, quero agradecer a Deus Todo Poderoso, por dar-me força e coragem, não me deixar desistir da minha luta, mesmo quando tudo parecia estar perdido e todas as portas pareciam estar fechadas. À minha família e amigos, em especial minha mãe Zenilda, por sempre acreditarem em minha capacidade. À comunidade de Mazagão Velho, única e verdadeira de todo esse patrimônio cultural que pretendo retratar na caminhada que será a execução do projeto – sou apenas o instrumento. Serão três ações: uma exposição fotográfica itinerante, a publicação de uma revista fotográfica e apresentações em escolas, mostrando as festas religiosas, 1392930_568326169887085_1014184406_nculturais e tradicionais da terrinha. Se eu pudesse resumir o projeto, seria “a história da cultura de um povo contada por quem a vive. Agradeço o apoio de todos os que acreditaram. ‘Nem todos que sonharam conseguiram, mas pra conseguir é preciso sonhar.’”

Meu comentário: exímio fotógrafo, repórter dos bons, jornalista competente e ilustre cidadão de Mazagão, Gabriel Penha é apaixonado pelo município. Ele sempre lutou pela manutenção da cultura daquela cidade. Ser selecionado é um prêmio mais que merecido. Congratulações, “primo”!

Texto de Emanoel Reis – Jornalista
Fone: Blog da Alcinéa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *