Julho começa com 31 artistas se revezando o mês todo com o projeto SOS Povos da Floresta

Ricardo Iraguany – Foto: Diário do Amapá

Por Cleber Barbosa

O cantor Ricardo Iraguany concedeu entrevista ao programa Café com Notícia na última quarta-feira (01), na rádio Diário FM (90,9) sobre a abertura da campanha “SOS Povos da Floresta”, voltado a usar das artes para angariar apoio aos índios das mais diversas etnias no Amapá.

O artista lembrou que os indígenas são na verdade os primeiros habitantes e a raiz das terras tucujus.

“Mas que estão desprotegidos, precisando de tantas coisas, e que nós na cidade podemos contribuir financeiramente ou com qualquer produto, sejam alimentos, álcool gel, enfim, com qualquer donativo para essa galera que realmente está precisando de ajuda”, ponderou.

A abertura marcada para a noite desta quarta-feira, com direito a Live e muita interação regada a boa música regional, busca a contribuição solidária do público que for alcançado pela iniciativa, de grande alcance humanitário.

Ao todo, o projeto reúne 31 artistas em torno do projeto chamado Quarta de Arte da Preta.

“É uma reunião de vários cantores, compositores e amigos da música, da dança e das artes em geral, numa grande articulação que mobilizou tanta gente, tantos talentos como Amadeu Cavalcante, Jorginho do Cavaco, dentre tantos outros que virão na programação durante todo o mês de julho”, anunciou.

A sistemática será aproveitar a visibilidade das Lives para incentivar as pessoas a doarem, o que poderá ser feito também de forma remota, ou online.

Portanto são 31 artistas para 31 dias de projeto, o que significa uma atração por dia, todo dia.

“Cada dia um artista vaio dar a sua contribuição, dando a sua palhinha, cantando duas ou três músicas, mas também haverá danças, poesia, enfim, uma coisa rica, afinal a nossa cultura é uma das maiores riquezas do nosso estado”, completa.

Fonte: Diário do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *