Júnior Favacho faz balanço de evento na Rússia e diz que o Amapá receberá a visita de investidores internacionais em breve

O presidente da Comissão de Agricultura e Abastecimento (CAB) da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) deputado Júnior Favacho (MDB) fez um balanço da sua participação na ProdExpo, a maior feira de alimentos da Rússia, que aconteceu no período de 5 a 9 de fevereiro, em Moscou. O parlamentar, que foi convidado pelo Governo Federal para integrar a comitiva brasileira no evento, disse que a experiência pode trazer frutos significativos para o Amapá.

“Após uma semana de muito trabalho, volto para casa com a sensação de que plantamos várias sementes, e que o fruto dessas sementes se fortalecerá, e que, em breve, estaremos recebendo no Amapá empresas e corporações russas que trabalham com fertilizantes e com agronegócio para ajudar a desenvolver o nosso estado, porque precisamos gerar emprego e renda aqui. Volto ao Amapá com a responsabilidade dobrada de trabalhar mais por esse estado e por esse povo que precisa se desenvolver”, disse Júnior Favacho.

O deputado explicou que, durante os quatro dias de feira, conheceu iniciativas comerciais no agronegócio do mundo inteiro, conversou com empresários e investidores e fez o convite para quem queira investir no Amapá que possa visitar o estado para conhecer as suas potencialidades. Ele também agradeceu a oportunidade dada pelo Governo Federal, através do Ministério da Agricultura (Mapa).

“O Amapá é um estado com grande potencial no agronegócio, com terra para plantar, um clima de qualidade e vantagens logísticas para exportarmos nossa produção, e precisamos transformar essas potencialidades em realidade. Na ProdExpo, colhi muita experiência, mas também realizamos um trabalho ativo de prospecção, mostrando para os investidores as vantagens de se investir aqui. Entendo que somente dessa forma iremos impulsionar o nosso desenvolvimento, melhorando nossa economia e a vida do nosso povo”, finalizou.

Assessoria de comunicação do deputado Júnior Favacho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *