Justiça do Amapá busca parceria para implantação de uma Orquestra no CESEIN


A Justiça do Amapá, por meio do Juizado da Infância e da Juventude da Comarca de Macapá – Área de Políticas Públicas e Execução de Medidas Socioeducativas- e a Associação Educacional e Cultural Essência discutem parceria para implantar uma orquestra no CESEIN  e no Semiliberdade.

A ideia é ajudar os adolescentes que cumprem medida socioeducativa e em regime de semiliberdade. No início do mês de agosto deste ano o projeto será lançado no CESEIN, por meio de uma apresentação musical que será feita por alunos da Associação Cultural Essência.

Para o maestro Elias Sampaio, que também é subtenente do Corpo de Bombeiros, são quase cinco anos que a Associação Essência atua, sempre com o propósito de oportunizar um futuro seguro pela musicalidade às crianças e adolescentes carentes de bairros periféricos de Macapá. Esse novo trabalho, ele destaca ser “um grande desafio, por trata-se de adolescentes que se encontram com a liberdade cerceada”.

A juíza Ilana Kabacznik Luongo, que está respondendo pelo Juizado, confirmou a parceria em razão da dimensão dos benefícios que irão ter reflexo direto na vida dos socioeducandos.

“É uma oportunidade que se abre, através da música, que vai ajudar esses adolescentes, a serem reinseridos ao convívio social”, garante a magistrada.

Hoje à tarde os jovens da Orquestra farão uma apresentação. Na oportunidade, estarão presentes a Juíza Ilana Luongo e técnicos do Juizado da Infância e da Juventude.

Horário: 17 horas
Local: Centro Arco-Íris (na orla de Macapá, em frente à estação de água da Caesa)
Contatos da servidora do Judiciário: Ângela Martins- 9118-1078
Contatos do maestro: 9112-9005/ 8117-3401/ 3242-4376

Bernadeth Farias
Jornalista/Assessora de Comunicação do Tjap

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *