Laranjal do Jari é contemplado com nova e moderna Promotoria de Justiça para atendimento ao cidadão


A sede da Promotoria de Justiça de Laranjal do Jari foi inaugurada nesta quinta-feira (22), pelo procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (PGJ/MP-AP), Márcio Augusto Alves, e pela secretária-geral e presidente da Comissão de Obras do MP-AP, Ivana Cei, que fizeram a entrega oficial da nova e moderna estrutura para a comunidade laranjalense. O prédio é totalmente adequado às regras da acessibilidade, oferecendo mais espaço para atendimento ao cidadão e melhores condições de trabalho para membros e servidores.

A em área total construída é de 3.618,12m², onde foram investidos R$ 3.795.301,57 (três milhões, setecentos e noventa e cinco mil, trezentos e um reais e cinquenta e sete centavos), já incluídas todas as instalações e equipamentos, cujos recursos estavam previstos em orçamento da instituição. O formato dos blocos, em “L”, foi adotado com a finalidade de aproveitamento máximo da ventilação e iluminação naturais, para minimizar custos e facilitar um bom fluxo e organização interna dos espaços, proporcionando conforto, segurança e bem-estar aos integrantes da instituição e usuários dos serviços oferecidos pelo MP-AP.

“Uma promotoria dessa é pensada de acordo com nosso orçamento que é separado. Iniciamos a obra em fevereiro do ano passado e hoje, após um ano de construção estamos fazendo a entrega deste empreendimento ao Ministério Público e à população de Laranjal do Jari. As nossas Promotorias em todo Estado são construídas pensando não só no conforto para membros e servidores, pensamos também na acessibilidade para toda a população”, manifestou Ivana Cei.

A secretária-geral do MP-AP agradeceu ao PGJ pelo apoio e pela confiança depositada e ressaltou a dedicação e trabalho incansável da equipe que compõe a Comissão de Obras, citando, nominalmente, os integrantes presentes na cerimônia: Maria Silvéria Reis, diretora do Departamento Administrativo, os arquitetos Robson Naif e Doris Brandão, bem como ao engenheiro Jandré Gibson, todos da Divisão de Engenharia da instituição.

Momentos de agradecimento também marcaram o discurso da promotora de Justiça Samile Alcolumbre de Brito, coordenadora das Promotorias de Justiça de Laranjal do Jari, à equipe do MP-AP, e especialmente ao poder Judiciário e magistrados da Comarca, pela cessão do espaço no Fórum de Laranjal do Jari para funcionamento provisório da unidade ministerial.

“Agradeço à administração superior do MP-AP, ao nosso procurador-geral, Márcio Alves, à secretária-geral Ivana Cei, pela enorme preocupação de proporcionar aos que trabalham na região sul do Estado acomodações confortáveis, semelhantes aos dos colegas que trabalham nos demais interiores e na capital do Amapá. (,,,) nossa alma hoje é tomada por uma alegria e um entusiasmo enormes – próprios do momento -, por podermos dizer que possuímos todas as condições necessárias e suficientes para realizar as nossas atribuições e missões da melhor forma possível. E assim o faremos!”, comemorou Samile Brito.

O prefeito de Laranjal do Jari, Márcio Serrão, também comemorou o novo espaço inaugurado pelo MP-AP, porque vai beneficiar a população do município. “É uma satisfação enorme para o município receber este empreendimento de fundamental importância para nossos munícipes. Todos nós aqui de Laranjal do Jari sabemos da importância do MP-AP, principalmente nos momentos em que sofremos uma calamidade na administração municipal, e que pudemos contar com o apoio da instituição para evitar um mal maior. Sou muito grato e tenho certeza que a população será muito bem recebida neste empreendimento”, agradeceu e parabenizou o prefeito Serrão.

O PGJ fez uma contextualização histórica da evolução na estrutura da Promotoria de Justiça de Laranjal do Jari, que iniciou precariamente com uma pequena casa de madeira e agora, estava tendo a oportunidade de fazer a entrega de um imóvel confortável e adequado para atender tanto membros e servidores quanto a população da melhor maneira possível.

“Estou muito feliz pelo trabalho concluído e poder dizer com toda convicção que o Ministério Público do Amapá tem uma das melhores estruturas do país. Em nossa gestão primamos por estruturar as Promotoria de Justiça nos municípios, todas com o mesmo padrão de conforte e acessibilidade, sem luxo, mas com muita qualidade. Isto é comprometimento da gestão, da nossa equipe e de todos que fazem hoje um MP do Amapá vanguardista.”, manifestou Márcio Alves.

Entrega do Drone

O promotor de Justiça Rodrigo César Assis recebeu das mãos do procurador-geral de Justiça um drone para auxiliar na fiscalização e monitoramento ambiental no sul do Estado. “Essa nova tecnologia adquirida pelo MP-AP vai dar mais dinamismo à nossa atuação com registros que irão enriquecer nosso trabalho de investigação nos procedimentos instaurados”, destacou Rodrigo César Assis, titular da 2ª Promotoria de Justiça de Laranjal do Jari com atribuições na área ambiental.

Doações

Na ocasião, o PGJ assinou termo de doação de bens móveis para a Prefeitura de Laranjal do Jari e para o Conselho Tutelar do município. A secretária municipal de Assistência Social, Ana Beatriz Pombo, representou a PMLJ no ato. Os equipamentos móveis da Promotoria de Laranjal do Jari, como as estações de trabalho que foram substituídas por novas e mais modernas são objeto das doações formalizadas durante a inauguração da sede nova.

Nova estrutura

O novo prédio foi construído dentro do conceito de acessibilidade para idosos e pessoas com deficiência e dificuldade de locomoção, com divisões internas em paredes de gesso acartonado, forro em fibra mineral, instalações elétricas, hidrossanitárias, rede lógica, CFTV, revestimentos, pinturas e esquadrias. Contempla recepção, protocolo, secretarias, almoxarifado, 4 (quatro) gabinetes para Promotores de Justiça titulares e substitutos, auditório com capacidade para 66 (sessenta e seis) lugares de acordo com as normas de acessibilidade, sala de reunião, de monitoramento e de oitivas, sala para no breack e para rack, Datacenter, sala para motoristas e brinquedoteca, banheiros adaptados, masculino e feminino para servidores e usuários, vestiário com banheiros, cozinha com despensa e depósito, área de serviço, amplo estacionamento, calçamento externo com acessibilidade e jardim, guarita e subestação de energia.

Participaram da cerimônia de inauguração o prefeito de Laranjal do Jari, Márcio Serrão, os juízes da Comarca de Laranjal do Jari, Marina Lustosa Vidal e Zeeber Lopes Ferreira, autoridades municipais e representantes da sociedade civil organizada, além de servidores e os promotores de Justiça Laércio Mendes (assessora da PGJ), Fábia Nilci Souza (representando a Promotoria de Defesa da Saúde), Fábia Regina Martins (Promotoria de Santana), Jorge William Fred, promotor substituto designado para atuar na 3ª Promotoria de Laranjal do Jari, em março.

Veja mais fotos AQUI

SERVIÇO:

Gilvana Santos
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
(96) 3198 – 1616 / E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *