Lei Aldir Blanc: Governo do Amapá lança editais com fomento de mais de R$ 10 milhões para cultura

Vários setores da cultura estão sendo contemplados – Foto: Maksuel Martins

Por Weverton Façanha

O Governo do Amapá lançou, no dia 27 de novembro, seis editais previstos no Inciso III da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, voltados para diversas áreas do setor cultural. A medida visa fomentar 686 iniciativas artísticas e culturais, com um investimento de mais de R$ 10 milhões na cultura amapaense. A execução dos editais é coordenada pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

As inscrições iniciaram no dia 28 de novembro e seguem até o dia 11 de dezembro. Para o ato de inscrição os candidatos devem obrigatoriamente estar cadastrados com perfis ativos e atualizados no Sistema Estadual de Informações e Indicadores Culturais -SEIIC: http://seiic.ap.gov.br/

Para efetivar inscrição em quaisquer dos editais, o proponente deve enviar a ficha/formulário de inscrição (anexo I), contida em todos os editais, devidamente preenchido e assinado, em formato PDF, para o e-mail descrito no edital especifico, até a data limite estabelecida.

“Os editais fazem parte da Lei Aldir Blanc para atender de forma emergencial o setor cultural durante a pandemia, e isso, nos traz muitas vertentes e a possibilidade de atender nossos artistas de maneira satisfatória”, destacou o gestor da Secult, Evandro Milhomem.

Para acessar os editais clique nos links abaixo

Edital Secult – nº 005/2020 – Prêmio “Siney Saboia” de arte e cultura.

Edital Secult – nº 006/2020 – Prêmio de Cultura Afro-Amapaense.

Edital Secult – nº 007/2020 – Prêmio “Sandro Corrêa” – Fomento à Agentes Jovens de Cultura.

Edital Secult – nº 008/2020 – Prêmio “Ângelo de Jesus” – Seleção de conteúdos artísticos e culturais para transmissões ao vivo em redes sociais e plataformas de streaming.

Edital Secult – nº 009/2020– Prêmio “PIMPOLHO SANCHES” – Fomento à Programas, Projetos e Ações Artísticas e Culturais Continuadas.

Edital Secult – nº 010/2020 – Prêmio “Fernando Forte Karipuna” de cultura indígena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *