Luto é tema de e-book lançado por professora da Unifap

A morte pode ser um tema natural para alguns, mas ainda há àqueles que sentem a questão como desafiadora e se submergem diante da sua consequência, o luto (reação natural ante a perda de um familiar). A psicóloga Ms. Anna Valeska Procópio, docente do curso de medicina da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), recentemente publicou o e-book: “Saber dizer adeus: reflexões sobre a finitude da vida”. A obra surgiu a partir de estudos, em grupos de acolhimento ao luto e suas próprias observações e leituras de mundo sobre o tema.

O livro é dividido em cinco capítulos que abordam as dores do luto, os registros existenciais como marcas das presenças ocultas, a dimensão espiritual na vida e na morte; os caminhos com as saudades dos que já se foram; e o saber dizes adeus. A professora explica que não há repostas prontas e únicas sobre as indagações de vida-morte. “Nós convidamos o leitor a desvelar reflexões possíveis acerca do amor, da morte e dos lutos, sem paradigmas”, explica.

Mesmo sem tratar diretamente sobre o momento atual de pandemia, a experiência a qual todos estamos imersos trouxe alguns trechos mais intensos no livro sobre o medo da morte e as despedidas impossibilitadas que o cenário causa. Segundo a autora, o tempo de pandemia desperta em nós nossas condições finitas, nossas condições de sermos para a morte. E isso nos inquieta, nos sensibiliza por um viés de humanidade.

“A morte sempre existiu. Mas o contexto que atualmente estamos mergulhados é diferente. A pandemia trouxe a explicitação da condição que somos de seres para a morte. Isso nos inquieta, nos amedronta. Isso requer muita amorosidade, muita disponibilidade dos demais no conforto dessas dores”, pondera.

Live

Na próxima sexta-feira, 28, às 9h, a autora participa de uma live sobre o tema no canal oficial da UNIFAP no Youtube.

Serviço:

O e-book “Saber dizer adeus: reflexões sobre a finitude da vida” pode ser adquirido no site amazon.com.br.

Ascom Unifap

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *