Mad World

Enquanto o fim não chega… continuamos caminhando neste Mundo Louco…

Mundo Louco (Roland Orzabal e Curt Smith)
Tudo ao meu redor são rostos familiares
Lugares desgastados, faces desgastadas
Claro e cedo para suas corridas diárias
Indo a lugar nenhum, indo a lugar nenhum
Suas lágrimas estão enchendo seus copos
Sem expressão, sem expressão
Escondo minha cabeça, eu quero afogar meu sofrimento
Sem amanhã, sem amanhã
Eu acho isso meio divertido
Eu acho isso meio triste
Os sonhos nos quais estou morrendo são os melhores que já tive
Eu acho difícil para dizer-lhe
Eu acho difícil para aceitar
Quando pessoas correm em círculos,
Este é um mundo louco, mundo louco
Crianças esperam pelo dia que se sintam bem
Feliz aniversário, feliz aniversário
Eu me sinto como toda criança deveria
Sentar e escutar, sentar e escutar
Fui para a escola e eu estava muito nervoso
Ninguém me conhecia, ninguém me conhecia
Olá professor me diga qual é minha lição
Olhe bem pra mim, olhe bem pra mim
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*